Corno dividindo a namorada bêbada gostosa e bunduda com o amigo depois da balada - 8 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

2990 visualizações

vote:

– Posso vir me afogar aqui outras tardes, Osvaldo?– Claro que pode, venha se afogar sempre que quiser!"– Ocê num sabe, uai!!? Era rapaiz muito safado e cumia as escrava tudim da fazenda!!"Mesmo depois de toda a putaria que havia rolado, Debora, a namorada de Fernando parecia ainda estar com fogo na buceta.

Eu: mas aqui no meio da balada?Vivi: aqui e agora.

?"A Bunduda do petshopMe mudei recentemente para um predio no centro da cidade, ao lado tem um petshop, umas semanas depois de me mudar p cá, passei no petshop, eis que me deparo com uma raimunda bunduda, com um shorts que mal cabia em sua bunda enorme. Olá , vou fazer uma breve apresentação me chamo JULIA, ( nome fictício) tenho 24 anos, loira, magrinha mais com curvas definidas, seios durinhos e grandes, e alta! E adoro muito sexo, sem meias delongas vou descrever como conheci o meu mestre, sim um homem que passou a realizar todas as minhas fantasias e desejos, pois bem me separei a alguns meses e estava a procura de aventuras, foi então que baixei o TINDER rsrsrs e curtir o RAMON, (nome que ele mesmo escolheu) ele me curtiu e então começamos a conversar nada pra o lado sexual ainda, mais eu já tava louca para pedir nudes , mais vi que era um cara interessante e inteligente o papo rendeu por muitos dias, ate que marcamos de se ver, então ele me pegou no curso e saímos para um barzinho, dentro do carro mesmo eu já estava toda molhada de tesão naquela boca gostosa, barba bem feita, olhos cor de mel, mais fiquei na minha, então ele me mostrou um grupo de whats de amigos dele tirando onda que estavam curtindo foi ai que a mente do meu mestre começou a traçar algo picante então me propôs a fazer um vídeo sem aparecer meu rosto onde eu iria provocar os amigos deles, falando como terminaria nossa noite, o que? Eu, eu gamei, fiz o vídeo, e minha imaginação não parava de tramar coisas, então saímos do barzinho em direção a casa dele, mais no caminho eu estava piscando de tesão por ele, o negocio começou a pegar fogo, comecei abrindo a calça dele e comecei a acaricia-lo , a chupa-lo devagarzinho , pra maltratar mesmo, ele então parou em uma esquina e fiquei por minutos chupando aquele pau rosado, então tirei minha calcinha abrir as pernas e comecei a me tocar, minha buceta estava tão encharcada e assim continuamos o caminho paramos varias vezes,, estava encharcada ,nossa que delicia, ao chegar em frente ao condomínio dele eu pedi para não entrar naquela hora, queria que ele me comece ali mesmo, já estava tarde, não vimos ninguém na rua então no capo do carro ele me possuiu, me tomava com tanta força, e eu pedia mais e mais, a sensação de fazer na rua só fazia aumentar o meu tesão, sentia aquele pau me penetrando com tanta força, nos estávamos loucos de tesão, não conseguíamos parar de fuder , ele sentou no banco o fastou um pouco para traz e eu sentei em cima, cavalgava com movimentos circulares, tirava e colocava a cabecinha bem de devagar só para aquela rola arregaçando minha bucetinha, então entramos e continuamos no quarto, eu estava com meu brinquedinho na bolsa já imaginava que a noite ia terminar em sexo, “ adoro DP” pedi que ele comece meu cuzinho, ele obedeceu e começou a arregaçar meu cuzinho foi colocando devagarinho pegou meu MARANHÃO e foi colocando aos poucos ate eu sentir aquela sensação de submissão de não ter mais controle sobre seu corpo e apenas gozar de tudo aquilo, sexo anal me deixa louca de tesão, voltando logo depois foi a vez dele coloca seu pau no meu cuzinho ele abriu minha bunda pediu que eu a deixasse bem aberta e socou com muita força me deu calafrios de tesão, logo coloquei meu brinquedinho em minha bucetinha encharcada e assim continuamos, gozei primeiro me tremendo e se contorcendo em cima da cama ele não parava continuava com mais pressão, ate que mandou eu abrir a boca e um jato de porra veio com tudo, engoli aquele leitinho como se estivesse com fome, exaustos conversamos sobre sexo , perguntou sobre meus desejos, fantasias, a partir dai começou uma parceria de fodas incríveis , com 2 caras, com 1 mulher, irei descrever breve em mais contos, enfim encontre minha PF. Depois de me deliciar em seus seios, desci beijando sua barriga até alcançar sua bucetinha de novo, agora de frente e mordisquei por cima da calcinha, chupava-a sentido seu mel em minha boca passando através das rendinhas, puxei de lado e enfiei a língua na xoxotinha lisinha e com um pequeno detalhe de pelinhos, tipo “bigodinho Hitler”.

Falei também que havia terminado com uma coroa casada, porque as desconfianças do marido corno estavam dificultando os encontros. Lambi um tempo,ela mexeu, ficou molhadinha e começou a gemer roncando eu quase gozando quando ela deu um ronco estranho e acordou bêbada com voz mole:”Vem, amor!”…eu estranhei e subi p/ mamar o peitão,mas ela diz:”É você?Eu ainda to aqui?”. Então ela gemia assim: Vai gostoso, enfia essa pica gostosa no meu cuzinho, enfia tudo, arromba ele todinho.

Anderson estava chupando o Djalma de 4,foi quando o Ferreira chegou por trás e abriu a bunda dele e lambeu o rabo do cara;Anderson olhou para traz para ver quem era e falou:-Isso é bom demais,continua!Eu me aproximei do pau do Djalma e chupei dividindo junto com Anderson e nos beijávamos chupando o pau dele;Jobson se aproximou do saco e chupou muito;o negão delirava com 4 machos em cima dele.

Ver Informações