Delicia de 4 sendo comida - 1 min 38 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , ,

1243 visualizações

vote:

Fui dirigindo e quando entramos na auto-pista, ele me começou a dizer coisas que me deixaram doido de tesão, falou que desde o dia que me conheceu, ficou com uma vontade enorme de transar comigo e aí, eu que sempre tive uma fantasia de entrar em um motel com um policial, propus a ele, que fossemos agora, pois ele ainda tinha umas tres horas até iniciar seu plantão e ele topou na hora, pois já estava escurecendo e na portaria do motel não iria ter problema.

Mas, você é insaciável e coloca mais um dedo na minha boceta, eu estou quase perdendo as pernas, meu amor, que delícia… parece que você vai sugar minha alma ou que ela vai escorrer entre as pernas, sua mão está molhada.

E foi designado pra concluir seus estudos em outro convento ao sul do país.

peguei a corda e amarrei na coleira dela e deixei ela presa lá mesmo na cozinha, dei bastante comida pra ela.

Nossos olhares se encontraram, ela sorriu com metade do meu pau ainda na boca.

E certa vez veio a passeio uma prima dela do Rio de Janeiro aqui pra Pernambuco e ficou ospedada na casa da mãe da minha esposa que era em baixo da minha. Empurrei o pau para dentro, quase alcançando a goela, e passei a movimentar a boca, pressionando-o de leve, como se estivesse sendo comida. Nossa família é de classe média, estudávamos em um bom colégio de nossa cidade, e tínhamos a tarde e a noite livres. Foi a conta dela sair de cima da minha cara e me beijar, sentindo o gostinho dela e me deixando louca. -Vamos marcar , hoje a noite na minha casa pode ser ?-Tudo bem lindaTerminamos os papeis e fui embora , não podia acreditar naquilo , seus lábios eram tão macios e nosso beijo tinha sido tão sexy. Claro que depois desta noite maravilhosa, hoveram outras… mas isso já seria um outro conto. Sorrimos e começamos a nos entrosar com nossas putarias.

Ver Informações