Empregada mama o patrão e fala com o corno ao telefone - 2 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

5801 visualizações

vote:

Depois desse dia, eventualmente o corno levava a putinha pra minha casa para transarmos. O marido dela sabia o que se passava naquele “serão” e não se incomodava, até gostava de saber os detalhes, que ela contava tintim por tintim, pois sabia que ele ficaria excitado e os prazeres iniciados pelo patrão teriam sequência pelo marido.

Neste momento um pouco trêmula, viu seu pai puxar os cabelos da sua mãe e bater naquela cara toda melada, cuspindo na sua boca e colocando de novo no seu pau. O telefone tocou e Lucia, trêmula, foi atender. E, claro, a “aula extra e particular” terminou com ela o cavalgando, ali mesmo no Studio.

Ele se deitou ao contrario, enfiou o pau na minha boca de novo e cai mamando o meu. >Depois desta punheta que bati para Maria,já bati varias outras e até mesmoO MEU NOME É ROGÉRIO TENHO 32 ANOS SOU CASADO COM UMA MULHER MARAVILHOSA, PENSO EM SEXO 24 HORAS POR DIA, TENHO MUITA IMAGINAÇÃO E GOSTO DE SEXO COM MUITA CRIATIVIDADE, ESTA HISTÓRIA QUE VOU CONTAR É PROVA DISTO, TEMOS UMA EMPREGADA DE 21 ANOS, VANIA TRABALHA CONOSCO A 3 ANOS, E A 1 ANO EU TRANSO COM ELA, É UMA GAROTA ESPETACULAR, MORENA CLARA 172M, CORPO LINDO, SEIOS MÉDIOS E FIRMES, COXAS ROLIÇAS E LONGAS, BUNDA REDONDA E ARREBITADA, SEMPRE PERGUNTO PORQUE É DOMESTICA COM TODA AQUELA BELZA E ELA ME DIZ QUE É O CASTIGO POR TER ESTUDADO, AGORA ESTUDA EU A COLOQUEI NOVAMENTE NA ESCOLA, ELA MERECE, SEMPRE QUE MINHA MULHER QUE SE CHAMA SARA SAI, EU APROVEITO PARA INVENTAR ALGO E DAR-MOS BOAS TREPADAS, MINHA MULHER SABE QUE COMO A GAROTA.

Outro dia ele chegou em casa e viu a porta do banheiro entre aberta e deu uma espiada nela, ela estava se vestindo, e de repente ela olhou pra porta e viu o vulto do padre saindo.

Papai me mandou ficar de quatro na beirada da cama e vindo por trás passou a mão na minha xaninha, seus dedos ficaram molhados e ele levou-os a boca:-Gostoso! Minha filhinha já está molhadinha…. Num dado momento, numa rua tranquila, eu o vi parar e descer.

Ver Informações