Novinha gostosa brincando com namorado - 9 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

1121 visualizações

vote:

Por favor deixem seus comentários :>""Depois que escrevi o conto anterior (Quem gosta de sexo anal?) me lembrei que teve um outro relato que foi bem interessante. Ela ia a loucura sentindo aquela língua dentro do seu rabo. Depois ficamos os dois em pé, pelados, e ela agachada entre nós, ainda brincando.

-Isso Tia Angela, engole tudo, mama no negão tia, mama no namorado da sua sobrinha. Então eu entrei no carro e lhe cumprimentei com um beijo no rosto. -Tia desculpa não resisti vc é muito gostosa e tem um cheiro ótimo. Quando fiquei realmente exausta, segurei um com cada mão e iniciei uma punheta bem carinhosa. jo… essjacular em tuja boquita?!! -Animada com o imenso pedaço de músculo na boca, Gisele apenas fez menção de balançar a cabeça concordando e olhando-o com os belos olhos azuis, esperando ver sua face quando ele gozasse!!Gil viu quando Gisele sentindo que Ruddi estava pra gozar, baixou a cabeça até engolir toda a extensão da pirocona e em seguida passando uma das mãos por baixo do saco, como se o estivesse colhendo-o, levou-o de encontro a sua boca como se fosse engoli-lo também!! Gil se horrorizou com aquilo!! Gisele nunca lhe tinha feito daquele jeito!! Definitivamente ela estava fora de si!!Parecia que Gisele estava começando a gozar antes de Ruddi, pois sua outra mão tremia rapidamente entre suas pernas!! Então Ruddi não se aguentou mais e todo seu torso começou a tremer, indo sua cabeça de um lado pra outro!! Por fim ele levantou seu torso, ficando na posição sentado com as duas mãos na cabeça de Gisele enquanto uma erupção de esperma enchia a garganta dela!!Depois de diversas convulsões Ruddi se deixou cair de volta ao colchão enquanto Gisele soltava um urro ao respirar novamente depois do afogamento de esperma que teve, e deixou sua cabeça repousar na virilha de Ruddi murmurando enquanto sua respiração se desacelerava!!Gil pensou que agora eles iriam dormir devido a exaustão que ambos demonstravam.

Me deixando com aquela vontade loca de colocá-lo pra fora e segurar com força o cabelo da sua nuca e ir abaixando sua cabeça bem devagarinho enquanto seus lábios deslizava pelo meu corpo e fazê-lo engolir cada centímetro. Chupava sua orelhinha, e tinha muito tesão por todo aquele corpo que agora descobria.

Tinha um sabor especial!E depois ela deu. Sempre quando ele vem me deixa ar em casa rola um clima legal, na última vez tínhamos ido a um bar bem legal, eu tinha tomado algumas cervejas. – Posso tocar no teu… bumbum?– Ah, tá assanhado, garoto.

Foi então que o tamanho da encrenca veio à luz:-Tá certo papai, não seja fingido…sempre soube que você é um pegador de novinhas e agora é a minha vez.

Ver Informações