Trepando gostoso e gritando muito - 3 min

Categoria:

Tag: , , , , ,

136 visualizações

vote:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (9 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Depois de muito castigar gostoso meu rabo nessa posição que quando entra vai fundo mesmo, mas é a que menos causa dor, me mandou ficar de quatro. Tomamos banho e voltamos para a casa da família, onde todos estavam já preocupados com nosso sumiço, aí falamos estávamos dando “uma geral na casa”, vendo estava tudo certo.

Nos poucos dias em que meu pai estava presente, ele costumava reunir amigos em nossa casa, para churrascos, jogo de baralho e saídas noturnas, talvez para compensar os momentos de solidão de minha mãe.

”Olá me chamo Gabriel, tenho 20 anos e venho relatar a vocês um fato que aconteceu comigo a umas duas semanas. Ficamos assim por alguns minutos… mas seu celular tocou: era alguém do seu trabalho falando que ia lá resolver algumas coisas.

Fiquei trepando com ele por mais de uma hora.

Confesso que não senti tanto prazer, era uma sensação diferente.

Por sorte, antes do almoço o Carlos teve de voltar pra cidade.

Suas pernas tremeram de tesão, e sua visão fechou.

E de tanto pegar… ele começou a crescer, a crescer e ela foi ficando mais admirada ainda, porque o bicho era realmente enorme.

Conversei com ele abertamente e falei que as duas garotas eram de família,virgens ,que nunca tinha conhecido um homem intimamente e que uma dela (a Graça) era lésbica e só de falar sentia que ela tinha um certo nojo de homem,pois ela sentia atração por mulheres.

Eu peguei os copos e entrei na sala meio que de repente. Tão bom sentir sua pele, sua respiração próxima a mim.

Ao ver aquilo, uma incrível excitação tomou conta de mim. E, sem que o filho visse, passou a eles um papel com o número do celular dela e os horários em que seguramente estaria sozinha, longe do olhar vigilante do filho. Ayan colocou o pau junto do meu e começou a rebolar, segurando ambos com as mãos e punhetando bem gostoso.

”Amanda parou o show, contente com a vitória, gritando para a amiga: “AÊ, GATONA… UHUU…”, batendo as mãos, e rindo.

Ver Informações