4430679 novinha bebada metendo no banheiro masculino

864 visualizações

18 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

864 visualizações

18 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

4430679 novinha bebada metendo no banheiro masculino

4430679 novinha bebada metendo no banheiro masculino

– Irmãozinho aproveita q essa mulher é muito gostosa, quero ver você fudendo ela hoje. Em seguida, mais dois exemplares masculinos se aproximam, um de cada lado, para afastarem meu biquini e começarem a lamber e chupar meus seios.

Ela chegou e falou: Wilson cade a sua maeEu falei sei nãoEla falou ata.

Havia uma técnica muito precisa no que ela fazia com meu pau, fiquei impressionado.

Chupei de novo por na calcinha de fora a fora e o discurso mudou:”Então vem,foda-se, fico com fogo bêbada e quero sentir outro macho”!!Masturbei aquele bucetão lindo enquanto mamava aquele peitão firme sem parar.

Casei aos 16 anos, muito novinha e sem nenhuma experiência, principalmente sexual, a final meu marido foi o homem que tirou minha virgindade. Me colocaram de 4, agora estou mamando no Felipe que está sentado na minha frente, enquanto Pedro está atrás de mim metendo gostoso na minha buceta melada com meu mel do primeiro orgasmo.

Mas não adiantou, não deu um minuto e o reflexo do meu primo nu pela janela da cozinha, ele atrás de mim e vindo em minha direção, aquele garoto enorme ficando cada vez maior atrás de mim, até chegar bem perto e eu já poder ver seu peito e rosto acima da minha cabeça.

E viu que ele estava tenso.

Conversamos a noite toda e além de tudo descobri que ele gostava das mesmas coisas que eu…eu estava apaixonada. E cada vez que ele me apresentava uma namorada nova, eu ficava encimada e arrumava um jeito de acabar com aquele relacionamento, porque quando eu arrumava um namorado novo, ele fazia o mesmo comigo, mas nunca passou pela minha cabeça, que ele também poderia ter os mesmos pensamentos maliciosos que eu tinha, apesar do meu ciúmes e de deseja-lo, eu nunca havia tentado fazer nada com ele, talvez por medo da sua reação, porque ele sempre foi o meu protetor e o meu herói, sempre me respeitou. E certa vez veio a passeio uma prima dela do Rio de Janeiro aqui pra Pernambuco e ficou ospedada na casa da mãe da minha esposa que era em baixo da minha.

A imagem do pau do Marcos, duro, apontando para o teto do banheiro custava a sair da cabeça dela.