Acordando e fudendo e amiga

3776 visualizações

6 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

3776 visualizações

6 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Acordando e fudendo e amiga

Acordando e fudendo e amiga

Ele já estava cochilando mas ainda brigava contra o sono, sentei no sofá com o prato de miojo ofereci a ele que não aceitou, bem como estava sentada comendo levantei um pouco mais o vestido para aparecer mais minha coxa ,estava iniciando meu plano de provoca-lo percebia que ele olhava de rabo de olho e isso me deixou ainda mais com vontade de provocar e ver até onde isso tudo iria chegar, terminei fui até a cozinha e voltei ele já estava deitado no sofá menor e eu deitei no outro, passou algum tempo e fingi que estava dormindo e mexia pra lá e para cá afim de deixar o vestido subir e fiquei mais à vontade mais “aberta “ rsrsrs sei q ele olhava porque ouvia o barulho do sofá ele estava impaciente louco para me atacar imagino eu, fingi que estava acordando só para ver em que estado ele estava e fiquei chocada, excitada e com agua na boca, o pau dele estava para fora da bermuda na hora senti minha bucetinha piscar e ficar toda molhadinha, queria pular e chupar aquele pau que parecia suculento, mas queria uma atitude dele, virei para o lado e continuei fingindo estar dormindo, deixai uma perna apoiada no chão e a outra no sofá, estava de barriga para cima para provocar mais, a essa altura minha camisola já estava próximo ao umbigo de tanto que me mexi, ouvi quando ele começou a me homenagear batendo uma punheta e minha buceta piscava mais e mais, fingi mais uma vez estar acordando para dar tempo de ele se recompor, sentei novamente no sofá fingindo estar meio desnorteada entorpecida de sono, vi apenas o volume em sua calça e então ele disse – Tirou um belo cochilo em cunhadinha. "rápido fiquei em baixo, ela ficou sobre mim e ele já foi enfiando a pica nela, eu fiquei ali um tempo lambendo o grelhinho e vendo o entra-e-sai do pau dele, ela gemia alto e mandava eu chupar com vontade, eu adorei a posição, depois eu sai e eles continuaram fudendo, ele deitou ela é fez ela abrir as pernas o máximo que ela pode, ela sempre me chamando de corno, ele ficou metendo com força, era uma delícia ficar ouvindo o barulho da pica entrando na buceta dela toda melada, ele tirou de dentro e gozou sobre a buceta dela que em seguida fez questão de lamber o pau dele gozado, em seguida ela pediu que ele se retirasse, ele atendeu e foi, deixei ele na porta e voltei rápido pro quarto, ela falou com a cara mais safada…”sou toda sua meu corninho”…caí de boca e xupei toda a buceta dela que estava toda melada…adorei limpar tudinho…essa foi nossa primeira aventuraNão sei porque aquilo me deu um tesão da peste! Percebi que aquela foda tinha sido pela tarde quando eu estava no trabalho.

Fazia com a amiga, na verdade, o que no íntimo sempre sonhara que o namorado fizesse com ela.