ARROBANDO BUCETAO DA ESPOSA LOIRA

2020 visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , ,

2020 visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , ,

ARROBANDO BUCETAO DA ESPOSA LOIRA

ARROBANDO BUCETAO DA ESPOSA LOIRA

ranquei a camisinha e soquei seco de novo no cuzinho e ela gemia e sorria ao mesmo tempo.

” E a viagem chegou ao fim. Minha irmã também foi vestir uma roupa e Tereza foi ao banheiro que fica ao lado da piscina.

E ai corno – se dirigindo ao meu marido que estava só nas fotografias – Pode ficar tranquilo que vamos apagar o fogo da piranha da sua esposa. Lucas foi atras no meu cu arrombado e apontou pra portinha, nossa mesmo arrobando era pequeno pro pau do lucas que precisou dar uma forçada para entrar, então começou o vai e vem lento, terminei de limpar o pau do Samuel ele sentou e ficou vendo eu ser enrabado, o tesão era grande não demorou muito Lucas anunciou o gozo, mas sacou o pau e correu para minha boca que entendi o recado meti a cabeça para dentro e comecei a punheta-lo, gozou gostoso na minha boquinha.

Na buceta, no cuzinho , com consoles, bolas que enfiava em sua buceta carnuda e ela gozava loucamente , uma loucura…Marina gemia e abria mais as pernas.

Ficamos fudendo a tarde toda, em cima da mesa , imprensada da parede (adoro isso), de quatro.

Ela me acompanhou com os olhos, uma mulher loira, cabelos cacheados na altura dos ombros, alta, 37 anos, coxas grossas e pernas torneadas, bunda carnuda e empinada a qual estava contida apenas por uma calça legging bem apertada, aparentemente sem calcinha, cintura fina, seios médios, seus olhos eram mais verdes do que a água do mar, o que me levou pensar:ela – ah é, brigada"Desde pequeno sempre me atraiu olhar as pessoas nuas, seja homem ou mulher, mas na minha adolescencia minha timidez não me permitia me aproximar das meninas entao como andava sempre na companhia dos garotos foi normal me aproximar mais dos garotos. Ela ficou olhando com cara de pidona.

Ela ficou toda excitada com a possibilidade de enfim oferecer o bucetão para aquele macho.

Eu beijava, metia na boca, babava, lambia o saco cabeludo dele, arrastava o pau na cara, voltava a enfiar até quase a garganta.