Comendo a bucetinha da ninfeta

374 visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

374 visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

Comendo a bucetinha da ninfeta

Comendo a bucetinha da ninfeta

Ao fim do terceiro dia, Julia e eu estávamos ainda mais apegados um com o outro, como disse anteriormente, rolava naturalmente e era simplesmente perfeito estar com ela, à companhia de Sabrina também foi super deliciosa, sabíamos que além de muito sexo, sacanagem e putaria, também havíamos criado um circulo de amizade bem intenso.

Continuava a beija-la e amassa-la contra a parede então fui descendo até sua perna e comecei a sentir o gostinho da tentação, chupei cada centímetro das cochas até chegar a sua bucetinha.

Disse que tinha muita vontade de comer minha bundinha com o dedo, e que tinha um tesão enorme na minha bunda.

A dona da pousada fazia isso, mas sempre recomendou que não-hóspedes definitivamente! Não aceitaria de forma alguma que alguém que não estivesse hospedado ali pudesse frequentar o quarto em que a Meg estava. Num determinado momento minha esposa resolveu levar o filhinho da Mariana pra dormir e acbaou dormindo tambem, em seguida o marido dela e minha filha com o namorado, foram ao mercado buscar mais bebidas e carnes para continuar o churrasco a noite. -Eu não sabia que Ruddi era negro! Me desculpe.

Ela não reclamou nem mostrou algum tipo de constrangimento com isso. e vem agora que eu já esperei por vc demais…não consegui dizer nada e ainda pensei em desistir,mas o tesão por aquela ninfeta malcriada foi bem maior.

Os seios naturais dela eram deliciosos e eu passei um bom tempo chupando ele e os lábios dela. Isabela fechou as pernas, prendeu minha cabeça e começou a contorcer o corpo. Luana então me disse:– Oi amor, teu tio tava falando aqui comigo sobre o final de semana, que ele e sua tia vão viajar e gostaria que você cuidasse do júnior no sábado até domingo.

Dessa vez, caimos exautos e demoramos um bocado pra nos recompor. Ela pôs a mão esquerda para trás, e pegou em minhas bolas, começou a massagear.