Comendo Minha Melhor Amiga

Comendo Minha Melhor Amiga

Comendo Minha Melhor Amiga

As primeiras sessões foram tranqüilas conversamos bastante, já estava um pouco melhor das dores então começamos com exercícios e depois deles eu fazia uma massagem nas costas em uma cadeira, ela sentava com as costas para fora e eu fazia a massagem, eu notava que sempre que ela recebia a massagem ela se arrepiava todinha, aqueles pelinhos dos braços arrepiados me deixavam louco, então sempre que ela vinha, eu caprichava na massagem.

A Luana abriu os olhos e sorriu e depois olhou para mim. Então ele esperou três semanas, para entrar numa turma nova. Minha bucetinha estava completamente depilada, e mesmo tendo me secado do banho, o meu nível de tesão deixou-a completamente encharcada, babando, John com a delicadeza que lhe é peculiar, colocou as duas mãos em minha bunda, me puxando contra ele.

Rafael mostrou sua virilidade comendo a Marlene e eu, num gesto de agradecimento, chupei-a toda e durante a penetração do Rafael, bolinei o cuzinho da Marlene fazendo-a gozar seguidamente.

Resolveu que era melhor interromper aquele banquete, antes que ele juntasse leite àquela vodka toda.

Mas só o cuzinho…"O episódio é o seguinte: Estávamos em Búzios para o réveillon e nos encontramos com um casal de amigos paulistas que nos convidaram para a passar a virada do ano na casa deles.

Tinha engolido toda a gala espessa. Eu e a minha irmã, estávamos fantasiadas de colegiais, que era uma sainha xadrez bem curtinha e uma mini blusa branca, aberta e amarrada na cintura, meu marido estava fantasiado de marinheiro, ele não largava da cinturinha da minha irmã e como os homens dizem, ela estava um verdadeiro tesão, tinha muita gente no bloco e estava muito apertado, todo mundo pulando, cantando e bebendo, aquilo estava uma maravilha, mas eu sentia muitas mãos pegando na minha bunda e apertando os meus seios, então reclamei com o meu marido e falei vamos sair daqui, ele começou a rir e me disse, calma amor hoje é carnaval, hoje vale tudo.

O seus olhos negros cintilavam e o sorriso amigável era lindíssimo. perguntei a ela se naum apareceria alguem ela disse q naum pois tava todo mundo preocupado com a cerveja.