Corno filmando sua esposa puta

Corno filmando sua esposa puta

Corno filmando sua esposa puta

Para minha surpresa, Rose veio me atender com o cabelo soltos, um shortinho realçando sua buceta e uma blusinha sem sutiã. Vendo que ele estava no papo, ela se despiu por completo e o despiu também.

Abri com todo cuidado a porta procurando evitar qualquer ruído, típico do corno manso. Flexionava seus joelhos subindo até só ficar a cabeça e então simplesmente soltava seu peso mantendo uma cadência hipnotizante e sensual. Feche a porta quando sair, Diogo. Um dia , era uma tarde de domingo, e eu voltava da minha amiga e nos encontramos para descer no prédio e ele me olhou e disse, vamos de escada? E eu sabia das câmeras no elevador e disse vamos e sorri. Em dado momento eu disse:-Joao, aconteceu algo que eu queria lhe dizer. Ele lambia a minha buceta, meu cuzinho e eu chupava o pau dele bem gostoso. Eu tremia, revirava os olhos e buscava ar.

Ele até morava com um cara, cansou de levar o cara em festinha da agencia e tudo. E ainda ameacei contar pra esposa dele se ele furasse o esquema. Ele começou a punhetar e eu fiquei lá, de olhos abertos, vendo aquele pau crescer, meio torto pra esquerda, com algumas veias grandes aparecendo e a cabeça grande, vermelha, como se fosse um pirulito enorme que eu precisava meter na boca.

Alguns dias depois mais hóspedes chegaram, duas famílias de SP, Capital, eram todos muito simpáticos mas queria realmente era ficar mais íntimo de uma das filhas do casal mais velho que chegara, Ana era muito simpática e bem feita de corpo, cabelos castanho-claros e simpática. No outro dia ele me chamou no celular e disse que tinha esquecido sua carteirinha de um clube aki do bairro no chao da minha sala e pediu pra vir buscar. Aí, meia hora depois toca o telefone, eu atendo.

-Ei tarado, pode virar essa pica pra lá. "Acreditem: ver minha mulher gostosa nua é uma delícia mas vê-la nua sem ela saber que estou escondido ou filmando-a escondido é uma delícia.