Coroa Safada Tira Leitinho Do Novinho Batendo Punheta Até Gozar

Coroa Safada Tira Leitinho Do Novinho Batendo Punheta Até Gozar

Coroa Safada Tira Leitinho Do Novinho Batendo Punheta Até Gozar

Chegando lá fui direto pra casa de meu pai pra não da na pinta que fui atras dele, para minha surpresa ele estava lá ajudando Laura na lavoura sem camisa todo suado brilhando ao sol lindo como ele só, falei com Raimundo e Fernando meus irmãos Tereza e Maria minhas irmãs, ficamos batendo papo aí Fernando que é mais novo falou vamos na cachoeira e descemos por uma estradinha ao lado da roça Bené olhou de lado e continuou ajudando Laura a mulher de meu pai, passei e falei bom dia e eles responderam bom dia dona Laura perguntou: que milagre é esse? esta alma quer reza. Ele chupava deliciosamente, afinal era um profissional, e cheguei a gozar na sua boca.

– E depois?– Depois, tio… eu comecei a falar que estava gostando muito, e você me colocou ajoelhada aqui nessa mesinha e enfiou a dureza na minha xotinha, acredita? Pensei comigo mesma, mas que tio mais incestuoso este! Só que estava tão bom, que não reclamei, só gemi…Enquanto ela falava, eu fazia o que ouvia e meu pau já estava dentro dela e ela gemia… igualzinho ao sonho! Eu estava morrendo de vontade de rir da criatividade dela…– Aí, tio, sabe o que aconteceu? Você fez uma coisa muito gostosa! Me colocou deitada aqui no sofá, abriu minhas pernas e usou a língua para me fazer coisas deliciosas… nossa, eu fiquei muito molhadinha quando você me lambeu inteirinha! Tá ouvindo,tio?Eu estava ouvindo, mas não podia falar, minha língua estava ocupadíssima em dar prazer a ela, lambendo a xotinha, chupando, entrando bem lá dentro… e vendo o ventre dela dar saltos, ela sempre gostou muito de sexo oral, o corpo dela se contorcia todo…– Aí, tio, quem sentou no sofá foi você, e me carregou para sentar em seu colo, e de novo a dureza entrou dentro de mim, eu soluçava de prazer, como é gostoso pular em seu colo e sentir seu pau quase saindo e depois entrando inteiro dentro de mim! E depois que eu gozei, você perguntou se eu queria beber alguma coisa… é claro que eu queria beber seu leitinho. Binho começou a punhetar thiago e thiago saiu correndo do banheiro. Bem, fomos buscar Patrícia na rodoviária e ela estava super feliz, saímos pra comer e beber e depois fomos pra casa, Patrícia apesar de demorar pra assumir sua sexualidade é alegre, gosta muito de conversar, e é bastante desinibida, conversando sobre qualquer assunto, em casa ela nos contou como foi que se assumiu bissexual, como foram as reações de sua família e como foram suas experiências com uma mulher pela primeira vez, ouvir ela falando de sua intimidade para minha esposa nos deixou bastante excitados, mas como estávamos cansados fomos dormir cedo, no segundo dia nós saímos, passeamos bastante na praia e voltamos pra casa a tarde, eu havia comprado alguns peixes e vinhos e a tarde ficamos em casa assando os peixes na churrasqueira e tomando vinho, depois de 3 garrafas de vinho nós já estávamos bem a vontade, e minha esposa começou a fazer perguntas indiscretas pra Patrícia, querendo saber como que era transar com outra mulher, quem chupa melhor, se o homem ou a mulher, esse tipo de coisas, patrícia achaou muito engraçado e respondeu a todas as perguntas sem embaraço, eu falei pra minha esposa que era só ver um filme pornô pra saber como que era, e minha esposa disse que filmes pornôs não condizem com a realidade do sexo, então começamos a falar sobre as diferenças de filmes pornôs, Patrícia disse que havia filmes pornôs específicos para mulheres e que eram bem diferentes dos filmes pornôs que os homens assistem, então minha esposa aproveitou a oportunidade e ugeriu que nós assistíssemos as dois pra vermos as diferenças, Patrícia meio que deu uma risadinha safada e disse que por ela tudo bem, desde que minha esposa não ficasse incomoda por ela estar vendo pornô comigo. eu expliquei q era meu pai e minha tia, se eles falassem alguma coisa eu fodia com os dois, o coroa falou entao tras eu cu pra cá viadinho, o velho tinha mais tesão q certos meninos uma pica grossa que mais parecia um pilão devia ter 20cm de diametro uma cabeçorra roxa que mal cabia na boca mais eu quentei no cu ate a base uma tora deliciosa tentei chupar só dava pra abocanhar não cabia na boca de jeito nenhum o jeito foi partir logo pro cu o velho dizendo não cabe eu mandando mete soca, empurra essa porra de qualquer jeito vai entrar, fiquei todo atolado naquela manjuba o velhinho me encheu de gala me comendo e olhando meu pai metendo em minha tia, me agradeceu e me deu 20 paus pra comprar pomada pro cu e prometeu que ia voltar e trazer um filho que disse ter um taco de sinuca quase 50 cm e mais grossa que a dele chamado Julio (mais isso é outra estoria) depois de ter visto menha tia e meu pai armei com meu tio vamos fuder lá na cachoeira terça o coroa falou: tá doido é dia de sua tia fazer limpeza de corpo vou lá nada. ""Eu sou a Vera e sou filha de japoneses, tenho os olhos puxados, uma pele linda e um corpo maravilhoso, sempre fui muito assediada e já recebi varias cantadas de amigos e até de parentes, eu sei que o que mais chama a atenção dos homens é a minha bunda, que é bem redondinha e arrebitada, todos dizem que sou muito gostosa, eu já tive vários namorados e hoje eu sou casada, com um rapaz bem novinho de apenas vinte e um anos, eu também sou muito novinha, mas apesar dele ser um homem novinho, ele é muito inexperiente em relação a sexo.