Esposa na suruba com seu corno manso

5820 visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , ,

5820 visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , ,

Esposa na suruba com seu corno manso

Esposa na suruba com seu corno manso

rnMeu maridinho corno…nunca soube de nada…continua trabalhando e ganhando muito dinheiro…mas cada vez tem menos tempo para a esposa que cada vez mais se aprimora na arte de ser uma vadia insaciável ao lado de meu sogro que continua um tarado incorrigível e também extremamente generoso com sua nora escrava sexual.

– AAAAAAAAAAAAAI GOSTOSO, TA ME RASGANDO, PARA POR FAVOR, NAO PARA, METE MAIS FUNDO, ISSO ME DA ROLA VAI DA ROLA NESSA SUA PUTINHA DA AAAAAAAAAAAAAAAH DEIXA EU MELA SEU PAU AMOR DEIXA? QUERO GOZA GOSTOSO NELE AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH(continuação de COMO VIREI CADELA IV)galera esse conto aconteceu antes do suruba e depois do transei com minha mae esqueci de mencionar um fato de que minha mae tinha chegado depois de uma saída com uns amigos e devia ter bebido provavelmente por isso ela me pediu aquela massagem aquele dia no outro dia minha mae não lembrava de nada fiquei chateado porque queria comer muito mais ela eu dava umas indiretas mas ela não percebia fiquei sem opções depois de uns meses minha mae queria ir a pe comigo para escola pq queria melhorar o corpo sempre me perguntava como minha mae conseguia ficar tao gostosa já que não fazia nada me impressionei quando eu vi minha mae para andar com ela ela tava simplesmente uma delicia ela tava com uma calça de academia e com uma camisa meio curta a bunda dela ficava espetacular naquela calça quando saímos do apartamento ela se abaixou pra amarrar o tênis e vi que a calcinha dela tava aparecendo tava bem enfiado no cu daquela safada eu queria muito pegar naquela bunda mas tinha receio depois de uns três dias assim nos saímos e eu notei que não tava com a calcinha aparecendo logo deduzi que ela tava sem calcinha enta tomei coragem e perguntei se ela tava sem calcinha ela disse que sim mas depois perguntou se eu tava prestando atenção na bunda dela eu gelei quando ela fez essa pergunta mas tomei coragem dei um tapa na bunda dela coloquei minha pika bem no eio daquela calça dela e falei não tem como não prestar atenção nessa bunda maravilhosa ela perguntou se eu queria comer a bunda da mae pela primeira vez ela devia ta indo pegar a chave pra gente voltar pra casa e transar mas eu coloquei ela tipo num quadradao um pouco fundo mas se alguém aparecesse ia ver na hora e como tava muito cedo não tinha ninguém então eu tirei aquela so a parte da bunda da calça dela e ver aquela bunda de novo me deu um tesao incontrolável então comecei a chupar aquela bunda e dava tapas na bunda dela ela se contorcia toda de tanto prazer então sem do enfiei minha pika no cu dela tapei a boca dela pra ela não gritar e alguém poder ver quem talvez visse de longe pensaria q e um estupro eu sabia que não podia demorar muito pois tinha escola então provoquei ela pra gozar rápido peguei nos peitos dela bati na bunda dela fazendo ela gozar depois gozei também ela e eu fomos pra escola ela tava cambaleando por causa da foda depois desse dia ela não se esqueceu como da primeira vezMe pegou pelo colo e deitou na cama, levantando minhas pernas num franguinho assado. Começamos a nos divertirela me aranhando mordendo e as vezes uns tapas na caraate que um dia eu decidi que ia agarrar elae no meio disso descobri que ela tinha namoradomas ele nao importa ele e um corninho mansodepois disso eu ia com ela ate a esquina da casa dela que ficava perto da minha e um dia eu fui abrasala e cheguei beijando ela assegurou meu rosto e empurrou me para tras e arranhou meu queixoe ai agente se foi para casa eu para minha e ela para a delae quando cheguei em casa vi que tinha uma chamada perdida em meu celular era dela mesmo eu nao tendo o numero dela eu sabia pois ninguem me ligava naquela epoca sem ser minha maeai eu liguei para ela e ela atendeu nos comversamos ate mais ou menos as 4 e meia pois ela tinha que buscar o irmãozinho dela na escola e eu de brincadeira pedi para ela vir em minha casa que ficava na ida para a escola e ela falou que viriadepois disso ela veio eu abri a porta dei um abraço e ela fechou a porta com força e me agarrou com tudo e depois me jogou no sofáeu fiquei excitado so de ver ela daquele jeito muito deliciaela com um shortinho jeans bem coladinho e uma blusinha brancaela sentou em meu colo e começou a me beijarpeguei e comecei a massagear os seios dela ela ficou exitada , comecei a lamber aqueles peitos com vontade dando umas mordidinhas de leve nos mamilhos e ouvindo ela gemer de tesãoela começou a me arranhar nas costas pois eu estava sem camisalevei ela para meu quarto no colo arranhando cada vez mais fortedeitei ela na minha cama tirei a blusa dela e o shortinho jeanse tirei a calcinha de oncinha que ela estava ,comecei a chupar aquela pepekinha deliciosaela começou a gemere me puxou pelos meus cabelos que nessa epoca erao pelo pescoçome deu uma mordida forte no pescoço e me colocando deitado na camae subindo em cima de minai ela tirou minha calça e começou a lamber dez do meu pescoço ate meu umbigo pegou meu monstro do jeito que ela chamava e falou me arromba seu gostosoe pegou e foi sentando de vagarzinho nele foi fazendo uma carinha de tesão e arranhando todo meu abdômen foi quando tirei um chicote de baixo do meu travesseiro ela ficou com mais uma cara de safadinhame olhando e quase nao aguentando de tanto tesao com a minha rola quase toda dentro da bucetinha dela.

O interfone toca, eu fui para a varanda do nosso quarto e fiquei por lá, a campainha toca e minha esposa vai recebê-lo.