Fiz Um Rodízio No Cu E Na Buceta Da Morena Gostosa

2 min

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , , ,

Fiz Um Rodízio No Cu E Na Buceta Da Morena Gostosa

Fiz Um Rodízio No Cu E Na Buceta Da Morena Gostosa

fiz de conta que não sabia de nada. Você não precisa ser um Mr. Depois do rodízio e já com o barco ancorado, era a minha vez de retribuir e, um a um, fui chupando. Pedi que ela colocasse os dedos em mim, e foi o que ela fez.

De noite minha mulher as levou na rodoviária, o ônibus dela saiu 22:30.

Percebi que a garotada tinha exagerado um pouco também e começaram com umas brincadeiras de moleque – um fingia que brigava com o outro, um agarra-agarra.

Que cheiro incrível saiu daquela buceta,minha boca já estava enchendo de água,coloquei ela sentada em uma cadeira abri bem as pernas dela e comecei a lamber bem devagar,fiquei chupando e me deliciando com o caldinho que escorria, aí comecei a enfiar um dedo na xereca dela enquanto lambia o grelo,fiquei assim durante uns 3 minutos ate que ela gozou na minha boca e gozou muito,quando senti aquele liquido quente escorrendo pela minha língua tomei um susto pois a campainha da loja tocou,me endireitei como pude e fui ver quem era,abro a porta e dou de cara com o meu marido e antes que eu pudesse dizer qualquer coisa ele veio e me deu um beijo na boca e nem preciso dizer que ele desconfiou de algo né?! Ele conhece gosto de buceta e então ele começou a perguntar se eu tava traindo ele com a Dani, demorou um pouco mas finalmente ele entendeu a história.

""Em uma bela tarde eu Fernando estava junto com minha amiga Gabriela gostosa pra caralho com uma bunda deliciosa. Minha chefe é uma morena alta, tem boca carnuda, bunda grande, coxas grossas e é lésbica assumida. Foi quando ele tirou meu pau pra fora e começou a pagar um boquete para mim, ele chupava muito bem, então deixei e continuei a fingir que dormia.

Agora, pelo fato de conviver com a solidão não significa que transpareço essa realidade na face, pelo contario, não sou digno de pena, aliás, o que odeio é o sentimento de penas das pessoas, e como odeio se por ventura demonstrasse de pronto seria objeto de pena.

A essa altura já era um pré requisito se chamar Marcelo, mas foi então que apareceu o Eduardo.