Foda amadora que vazou na net enfermeira garganta profunda fazendo putaria e corno filmando de dom pedro – ma

4971 visualizações

1 min 0 seg

Categoria:

Tag: , , ,

4971 visualizações

1 min 0 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Foda amadora que vazou na net enfermeira garganta profunda fazendo putaria e corno filmando de dom pedro – ma

Foda amadora que vazou na net enfermeira garganta profunda fazendo putaria e corno filmando de dom pedro – ma

Eu adorei levar chifre de café da manhã, fui conferir o estado que ficou a buceta dela, e chupei bastante estava bem molinha, pois havia acabado de ser comida, transamos e ela me chamava de corno manso, que era assim que ela me queria, bem mansinho, eu adoro ser corno dela, adoro chupar a buceta dela depois dela fudendo com outroAproveitei e fiquei atrás de Gabriel, roçando meu pau na sua bundinha redonda e lisinha arrancando arrepios dele que fazia movimentos de encontro ao meu pau. Eu ajudava, fodendo de leve sua garganta e agarrando seus cabelos loiros e curtinhos, sentindo sua baba descer pelo meu saco.

Ela sentou ao lado de Pedro que permanecia deitado e me falou: “Vem gatinho, vem que eu te ajudo.

Apesar da putaria que tinha acabado de rolar no quarto ele não queria que a festa inteira soubesse que ele era um corno. A esposa lembrou-se que uma das enfermeiras havia dito a ela que se precisasse de babá ela estaria disposta. Minha esposa chama-se Ana e tem 33 anos cabelos pretos e curtos, olhos verdes e pele bem branquinha, com pequenas sardas no peito, possui 1,67 de altura 70 kg seios e bunda grandes e um corpo cheinho bem proporcional, A história que irei narrar agora aconteceu em dezembro passado, quando a prima de minha esposa, chamada patrícia veio nos visitar na semana do natal, Patrícia tem 26 anos e é professora, esse ano ela se assumiu bissexual e começou um namoro com outra mulher, sua família é muito conservadora e eles tiveram uma discussão feia, por causa disto ela não quis passar o natal com a família dela e minha esposa a convidou para vir pra nossa casa, já que também não íamos viajar nem receber mais ninguém, ela ficou super feliz e combinou de vir pra nossa casa, Eu e minha esposa estamos casados há vários anos, e com o amadurecimento de nossa relação começamos a realizar várias fantasias sexuais que ambos tínhamos, inclusive já contei sobre a primeira experiência lésbica que minha esposa teve ao transar com uma amiga nossa chamada Júlia, naquela primeira vez, minha esposa era muito tímida e foi totalmente passiva, deixando que Júlia tivesse toda a iniciativa, mas depois de várias outras experiências minha esposa passou a se sentir mais confiante e volta e meia dizia que queria repetir a experiência, mas como ativa, é difícil para nós podermos realizar as nossas fantasias de maneira discreta, e por isso sempre que surge uma oportunidade nós a aproveitamos, foi o que aconteceu neste natal, Patrícia tem aproximadamente 1,65 de altura e uns 68 kilos, é bem parecida com minha esposa, com coxas grossas, quadris largos, uma bunda grande e seios fartos, possui uma pele branquinha e cabelos pretos e na altura dos ombros, a diferença, além da idade está em seu rosto de menina, e apesar de usar óculos, como minha esposa, ambas possuem olhos verdes lindos.

""Leio os contos quanse todos os dias e adoro, comecei a lher contos de lesbicas apesar de ser hetero,comecei a me sentir excitada e toda molhadinha lendo os contos e mulheres e sempre me masturbo imaginando alguma delas me chupando e mordendo meu grelinho.

Cheguei por trás dela agarrando sua cintura fazendo meu pau se encaixar na sua bunda farta, ela solta um suspiro e fala:"Primeiramente gostaria de dizer que o que eu vou relatar aqui é real, portanto não vou citar nomes, nem o meu próprio, pois sou um médico já um tanto quanto conhecido aqui na minha cidade. Percebi, então, que Marlene não apensa estava filmando minha chupada em Sandra, mas também parava algum tempo filmando somente meu caralho.

Tirou sua roupa também e os dois subiram no sofá, ela já foi ficando de quatro e gemeu profundamente ao receber a pica dele em sua xotinha.