Fodendo com força

56 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

56 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Fodendo com força

Fodendo com força

– Minha irmã não vai se importar, ela gosta muito de você, vamos ao quarto dela e você dá uma repaginada. Poderiaser uma isca para ver se eu caia. Eu beijava, metia na boca, babava, lambia o saco cabeludo dele, arrastava o pau na cara, voltava a enfiar até quase a garganta.

Tivemos outra noite que conto em uma próxima vez""À tarde ela me liga.

Todos me olharam com cara de espanto e respondiam as minhas perguntas um tanto desconfiados.

Isso que você queria? Sentir esse pau na sua boca …….

Abriu a bunda e mandou meu primo meter bem gostoso.

Eu já estava bem mais à vontade com minhas tias, e passamos a tarde toda conversando sobre várias coisas menos sobre o acontecido na noite passada. O que aconteceu hoje foi um agradecimento por tudo de bom que vivi trabalhando aqui. Casada inféliz porque sempre desejei fazer amor com mulheres.

Sinto meu corpo sem forças.

Eu fiquei meio sem reação e querendo esconder falei pra minha namorada que a irmã dela estava nos observando, e ela disse deixa pra ela nunca fez isso ela não lig. O uniforme era padrão, saia até o joelho, camisa social, meia ¾ e sapato social, ah tinha uma boena também. Nossa que deliciaaaa… Na minha imaginação eu estava em um quarto de motel com algum homem desconhecido me fodendo gostoso, na minha cabeça não vinha nenhum rosto conhecido, apenas imaginava que esse macho não era meu marido. Essa história é verdadeira e aconteceu há + ou – um ano atraz. senti uma vontade tão louca de penetra-la que eu a abaixei e a sentei por cima de mim…ela gritava gostoso e dizia pra eu fazer o que ela quisesse.

Ela me apertava com força e esfregava seu corpo em mim.

21 anos, loura, corpo escultural, depois daquela “ficada” com o Adolfo aí que ela não deu bola para mais ninguém. O mais difícil já está feito.

Acho que era uma questão de criação. Eles passavam cremes e enfiavam os dedos dentro de nosso rabos. Quando entramos eu não aguentei, tranquei a porta e já agarrei ela, ali mesmo na sala.