Gostosa Dando Sua Bucetinha Vermelhinha

2061 visualizações

8 min

Categoria:

Tag: , , ,

2061 visualizações

8 min

Categoria:

Tag: , , ,

Gostosa Dando Sua Bucetinha Vermelhinha

Gostosa Dando Sua Bucetinha Vermelhinha

"Bem eu sempre foi gostosa pelo menos e o que dizem, nunca tive muito peito mais sempre tive um bunda de davam inveja na escola e uma coixas bem grossas.

A Letícia tinha um corpo parecido com o meu, mais ou menos a mesma estatura, porém com peitos um pouco maiores e com a bunda um pouco menor, além de ter cabelos, olhos e pele morena. Olhei para seu rosto, estava bem vermelhinha mas me olhando no fundo dos olhos. "Vou narrar agora a chegada de viagem com minha prima, narrada no conto anterior, logo quando chegamos a casa de nossos parentes,  fomos logo, buscando lugares onde podíamos ficar avontade sem comentários (haha), ela os pais dela tinham uma casa que por coincidência, estava desalugada,  entramos na casa que era tinha algumas mobílias, inclusive uma cama, estávamos como sempre com muito tesão,  (dois ninfomaniacos haha), logo tratei de começar a tirar a roupa dela, ela na cama já sussurrando de prazer, logo cai de boca naquela bucetinha vermelhinha , comecei a chupar ela, de uma forma que ela não se contia de tesão,  ela puxando meu cabelo e gemendo muito.

Meu marido já tinha comido meu cú, mais gozar dando o cú tinha cido a primeira vez e com Ricardo…. Ficamos conversando e depois fomos jogar.

Trocamos mais algumas frases protocolares e nos despedimos.

Ela abriu a porta e sorrindo me disse :"Enquanto Tony me chupava, Andréia começou a chupá-lo deixando o jumento vivo novamente; Foi quando ela falou:-Olha Tony vc acabou limpando a porra toda, vai ter que colocar mais porra aih dentro novamente, mas com seu pau!!"Meu irmão me fodia com toda força, ele socava rápido e cada vez ia mais fundo e bem fundo, meu macho socava tão gostoso, que acabei gozando de novo e sem menos esperar e sem receber aviso, eu senti jatos e jatos de porra quente, explodindo dentro da minha bucetinha, eu já estava me levantando, quando ele me segurou e falou vem cá que agora vou fazer a festa na sua bundinha, eu me estremeci todinha, ao saber que ele ia socar aquele pau no meu cuzinho. Eu respondi que sim, mas na verdade a minha experiência ainda era muito curta, eu só queria mesmo era impressioná-la.

A sensação de prazer toma conta dos nossos corpos. Viu também sobre a secretaria do cursinho, a quem posso dizer, sem modéstia, que fiz mulher libertando-a pra uma vida do que ela queria e não do que deveria fazer.