Gozando na gostosa rabuda

1270 visualizações

1 min 2 seg

Categoria:

Tag: , ,

1270 visualizações

1 min 2 seg

Categoria:

Tag: , ,

Gozando na gostosa rabuda

Gozando na gostosa rabuda

Gemia loucamente e o irmão estava alucinado vendo-a se masturbar também. -Isso,minha putinha gostosa…Isso…Agora,fica de quatro…Outro tapa. "Leia o conto anterior (Carnaval 2014).

Vou continuar a história anterior, para quem não leu, sugiro ler a parte I do meu conto chamado “Primo Pauzudo e com Problema Mental”. O fato de ser minha irmã, ali sendo enrabada só me dava mais tesão, uma sensação de poder que até hoje não sei explicar direito. sentia ela pulsando sem parar e ele cada vez mas sentindo a minha inquietação ele aumentava mas a velocidade então sem q eu percebesse ele se abaixou e começou a lamber de leve minha xota.

Ao final da festa ficamos conversando e trocamos uns beijos, mas ela acabou dizendo que precisava ir embora e eu fiquei na seca.

"Olá, meu nome é Pamela, tenho hoje 30 anos, mas ainda assim sou bonita, tenho pele clara, cabelos longos até o meio das costas e originalmente loiros, mas agora castanho escuro, olhos verdes, lábios rosinha, seios de tamanho médios, redondinhos e durinhos, mamilos durinhos e de cor rosada, barriguinha sarada, por fazer academia e também praticar artes marciais, meu bumbum hoje é grande, mas não exagerado, é bem redondo e firme, minha vagina sempre foi bem rosadinha e apertadinha, e pernas bem bonitas.

Fiquei toda esperançosa de ele reconhecer o gosto, mas nada… Sentei-me de frente para ele, com as pernas mais abertas o possível, mas ele parecia estar entretido demais com o salmão para me enxergar. Ouça o primeiro conto narrado pela Marisa em:""Coloquei duas mini filmadoras no quarto e não disse nada. -Ahhhhhh – Foi tudo o que ele conseguiu dizer no momento, e assim que recuperou o fôlego me chamou novamente de puta e repetia sem parar :– Aí que delícia, vai rebola mais, sua puta rabuda, vai, vai, isso, rebola essa buceta no meu pau vai.

Ela acabou gozando assim, e eu pude sentir o corpo dela amolecer nesse momento. Eu já estava quase gozando, mas não tirava as mãos do corpo dele, com medo dele empurrar mais e deslocar de vez minha mandíbula.