Grava um vídeo pornô caseiro enfermeira putinha boquete babado da putinha com marido de josé bonifácio – sp

Grava um vídeo pornô caseiro enfermeira putinha boquete babado da putinha com marido de josé bonifácio – sp

Grava um vídeo pornô caseiro enfermeira putinha boquete babado da putinha com marido de josé bonifácio – sp

Depois ele veio chupar meu pau que tava todo babado de tesão…. Fui preparar meu café e notei que ela estava acordada e perguntei se ela queria tomar café ela me disse que ainda estava com sono, falei para ela ficar a vontade neste momento ela falou que queria ficar mas a vontade e ela neste momento se aproximou de mim e falou que tinha sonhado comigo e neste momento me beijou, na hora meu pau subiu e fiquei louco, levei ela para minha cama e comecei a beija-la toda, quando tirei seu shortinho minusculo e quando vi aquela bucetinha toda raspadinha cai de boca chupei muito a bucetinha dela ela gemia e dava gritinhos se contorcia toda, neste momento botei meu pau pra fora, e ela ficou impressionada com os meus 20cm, falei para ela chupar e ela caiu de boca fazendo um belo boquete. Tratava-me com respeito, mas ao mesmo tempo sempre flagrava seus olhos medindo meus shorts enquanto brincava, ou quando bebia umas cervejas e os abraços eram mais apertados, como se quisesse sentir todo meu corpo.

Fiz o seguinte, sabia que minha Tia Josefa toda terça-feira ia fuder com meu pai na cachoeira do sitio, com o pretexto de ir fazer uma limpeza de corpo coisa de espiritismo, mentira da porra dizia que precisava ficar só para purificar corpo e alma nua na cachoeira, ninguém tinha coragem de ir lá ver, meu pai vinha por dentro da fazenda que ele administrava por trás da cachoeira amarrava o cavalo e socava pica adoidado na minha tia que ficava alucinada falava cada loucura que as vezes eu achava que tava encorporada de algum encosto bravo, descobrir porque fui da meu cuzinho lá uma vez a um vaqueiro de quase 80 anos procurando uma vaca desgarrada entrou nas terras de pai, encontrei o velho e cobrei pedágio, ou seja em pica só saia com ou sem vaca se me comesse o velhinho disse olha gente e eu que achei que nunca mais ia comer ninguem eu nessa idade me aparece um franguinho deste venha cá meu filho e fomos montei e indiquei a cachoeira era tardizinha o sol pra se pôr quando lá chegamos pra minha surpresa peguei meu pai enfiado todo no rabo de minha tia eu cheguei a sentir as bolas batendo na minha bunda do jeito que ele a fodia, o coroa falou: deu merda vamos vazar daqui. Minha esposa riu e disse que não tinha o menor problema, que ela não era ciumenta e que achava isso até mais excitante, por estarmos em 3 vendo filme pornô.

E então continuou: – SEI QUE SEUS PRIMOS ME AMAM… HUMMM! PODE PARECER ESTRANHO, MAS TO ADORANDO SABER QUE ELES ME DESEJAM E QUE POSSO SER UMA PUTINHA PRA REALIZAR AS FANTASIAS DELES SEM PERDER O RESPEITO, OU SER TAXADA POR ISSO… HUMMMM! SEI O QUE VOCÊS FIZERAM NO OUTRO DIA, DEIXA DE SER BOBA E VEM APROVEITAR COM A GENTE, SEM PESO NA CONSCIÊNCIA POIS SEU TIO GILSON, VAI SABER DISSO TUDO… METE NA TITIA, SAFADO! Ela repetia olhando maliciosamente pra Gabi, que me fuzilou com o olhar.

Nesse momento o celular da enfermeira tocou e ela pediu pra o socorrista continuar no seio direito também e saiu pra atender o celular fora da sala.

Toma conta de nosso sitio um caseiro de meia idade (entre 30 e 40 anos), mas ainda em pleno vigor físico.

Quando meu viu, disse que eu tinha ficado uma putinha muito gostosa e que naquele dia eu não seria mais o Bruno, mas sim a Letícia.

E foi um dia em que eu estava no quarto jogando video-game que ela entrou com aquela roupa.

Já no bar, sentei ao seu lado e fomos tomando um vinho para eu relaxar e já começamos a tirar um sarrinho em baixo da mesa: mão aqui, mão ali e meu marido ficando louco…tinhamos combinado de eu não beijar o nosso novo amigo em público, mas eu já não estava mais me aguentando…e beijei meu marido com tesão, que era o sinal que combinamos de que eu havia aprovado o rapaz, se é que isso já não estava evidente para o Júlio.