Grava um vídeo pornô caseiro lais garganta profunda faz garganta profunda para maridão tarado goiânia – go

1798 visualizações

40 seg

Categoria:

Tag:

1798 visualizações

40 seg

Categoria:

Tag:

Grava um vídeo pornô caseiro lais garganta profunda faz garganta profunda para maridão tarado goiânia – go

Grava um vídeo pornô caseiro lais garganta profunda faz garganta profunda para maridão tarado goiânia – go

"Ele tentava tirar a roupa, tirar a gravata, abrir a calça, mas queria continuar me.

Logo após serem pegas elas tiraram o biquini de forma sensual exibindo sua bleas formas, em seguida uma foi em direção a outra , se aproximaram e se beijaram, foi um daqueles beijos de língua digos da filme de romance, que logo viraria porno. ao mesmo tempo que urrava de prazer também fazia caretas de dor, para o deleite do meu maridão já quase gozando.

Suas estocadas nela eram lentas e profundas arrancando gemidos dela. Vou contar pra vcs o que aconteceu…Como de costume aos finais de semana vou para meu sítio, pois adoro contato a natureza, banho de cachoeira, piscinas e fico extremamente a vontade no meu sítio uma vez que tenho bastante privacidade, lá tem apenas o caseiro que é casado e tem um filho, o caseiro sempre vejo mas a esposa e o filho raramente.

– hoje eu não perdoo, teu cuzinho é meu, tua boca é minha1Terminou a frase batendo em um dos meu peitos a essa altura completamente roxos, me contorci de dor, quando abri a boca para soltar um gemido fraco ele enfiou o seu pau até a minha garganta.

Aí ela disse: na verdade , proposta ele já fez , quero passar na volta é pra aceitar essa proposta dele mas não vou te contar o que é por enquanto , você vai ficar só imaginando o que o safado falou pra mim quando ficamos atrás da prateleira , rindo muito ela aumentou o volume do rádio e seguimos viagem naquela : Eu perguntando o que havia se passado na loja e ela dizia: aguarde corninho , aguarde seu safado , você vai saber na hora certa , não perde por esperar corninho safado !!Em breve conto para vocês como foi a festa deliciosa da qual participamos em Goiânia e como foi a volta , ao passarmos na cidade pra ela ver novamente o rapaz que deixou ela naquele fogo , hummmmmm , foi uma delícia de viagem , na ida e na volta , garanto!!Até breve. aproveitem entrem em contato tenho videos.

Tirou sua roupa também e os dois subiram no sofá, ela já foi ficando de quatro e gemeu profundamente ao receber a pica dele em sua xotinha.

Contador taradoAmanda: Podemos ficar nós duas na cama?"Tudo começou quando eu tinha 15 anos, era viciada em vídeos pornô e em hentai (desenhos pornô japoneses)me masturbava sempre que assistia alguma dessas coisas, as vezes chegava a ver umas cinco vezes por dia, e em todas elas eu me masturbava; Então reparando em tudo isso pensei que quando eu tivesse minha primeira vez eu seria indiferente, pensei que não ligaria para com quem eu estaria fazendo, ou até mesmo quando, mas isso mudou quando eu conheci o John (fictício), viramos muito amigos, mas sem querer eu me apaixonei, já se passaram quase um ano, agora tenho 16 anos e continuamos amigos, até hoje ele não sabe que sou apaixonada por ele, mas a gente conversava tanto e todos os dias e isso só aumentava, confesso que não sou apenas apaixonada por ele, sinto uma atração sexual imensa… As vezes fazíamos sexo virtual e eu ficava louca querendo que ele estivesse comigo de verdade, me beijando, me colocando em seu colo, chupando meus seios e dando pequenos puxões em meu cabelo… Mas sabia que não iria passar disso, afinal éramos apenas amigos. -`Peraí, issso não é coisaaa…ah!…Aaaah…Sua louquinha!!!Eu já estava com metade de seu pau dentro da boca lhe sugando com toda vontade que eu estava pra mamar numa verga!! Em qualquer verga!! Mesmo na do chifrudinho de meu marido!! Chifrudo de dois!! De meu irmão e do chefe dele!! Foi Rafer, o chefe, quem gozou pela primeira vez em minha boca!! Ele me ensinou direitinho como ir com minha boquinha até a base de sua imensa rola e deixar a cabeçona da glande se acomodar no fundo de minha garganta, ficar aí sugando o máximo de tempo que minha respiração permitia e depois deslizar meus ovalados lábios de volta até o final da torona e a base da cabeçorra arroxeada, continuando sugando, enquanto minha saliva escorria pela aquela haste de carne endurecida, me lambuzando todo o queixo e as buchechas! E o final que eu mais adorava era quando eu sentia que ele estava próximo de gozar, eu me concentrava na siririquinha que fazia em meu grelinho e sincronizava meu gozo com a mangueirada de esperma em minha boca!-Aiii! Amorzinho…como você faz gostosinho!! Você… nunca… foi aaassiiiiimmm! Aahhh!Aquilo que ele disse me alertou.