Novinha loira fazendo boquete no namorado

Novinha loira fazendo boquete no namorado

Novinha loira fazendo boquete no namorado

Laura tava na cozinha fazendo café, eu passei reto nem dei bom dia e entrei no banheiro, pensei em me lavar, a puta velha já estava nua no banheiro reclamando que só Raimundo comeu ela e eu não, cai nos peitos da coroa chupei muito chupei buceta mas na hora de meter meu pai entrou em casa encostei o cu na parede e disse fudeu pegou a gente, ela se enrolou na toalha, veio pra cozinha ele entrou no quarto eu disparei pra fora segurando o short com o coração na boca.

Ela me olhou nos olhos de repente e respondeu que um namorado tem que ser carinhoso com a namorada e que o tal não era assim. "Ela sempre usava um rabo de cavalo, e nesse dia não foi diferente.

Aquilo fazia eu agarrar ainda mais com a boca o pau do Carlos.

Eu punhetava aquela piroca enquanto ele bombava na minha boca e tudo que eu queria era satisfazer aquele pau.

Assim que minha esposa saiu do trabalho voltamos pra casa,e eu imediatamente fui me arrumar pro trabalho. Era uma excelente boqueteira, a Laura. No meu trabalho entrou uma novata, novinha, muito bonita e daquelas que quando bem estimulada topa qualquer coisa, nos conhecemos e fomos nos aproximando aos poucos, nunca menti pra ela sempre disse que era casado, mas mesmo assim não conseguíamos ficar longe um do outro, ela sempre me provocando e eu resistindo, um dia ela faltou no trabalho, quando estava na hora de ir pra casa ela me ligou, disse que queria falar comigo com urgência, liguei pra minha casa e avisei que chegaria mais tarde.

Um deles, me segurou pela cintura e me forçou a inclinar o quadril para trás. Mamãe tem 43 anos, cabelos aloirados, aproximadamente 1,70 m, faz academia e ainda faz muito sucesso quando vamos a praia.

Tomamos banho juntos e Antônio me fodeu novamente, fomos embora, depois nos encontramos várias vezes na casa dele e fizemos sexo gostoso a noite toda, porém conto depois, este é meu primeiro conto, espero que gostem, pois eu gozei e muito. A primeira de muitas vezes, pois até hoje brinco com minha adoravel torneirinha e entro en extase. Amanda segurou o seu pau, duríssimo, e encostou-o na portinha do ânus dela.