Novinha Tarada Louca Pra Levar No Cuzinho

Novinha Tarada Louca Pra Levar No Cuzinho

Novinha Tarada Louca Pra Levar No Cuzinho

Ela ainda está com a lingerie safada e vai ficar assim, gostei das aberturas, são como molduras de renda nos peitinhos,na buceta e no cúzinho agora atolado. mais meu marido ensistiu muito e topei tirei tudo e não e por ser eu não mais sou mais meu corpo agrada a muitos sou morena cor de cuia como falam seios durinhos e uma cintura de dar inveja tenho um bundão bem empinhadinho pernas grossas mais continuando tirei a roupa fiquei peladinha toda depiladinha ficamos num conto na praia se arretando meu marido começo pelo meu pescoço e foi descendo e nisso percebi que já tinha um taradao espiando confesso que gostei de ver o cara ali nos olhando e se masturbando e continuei fiz de conta q não vi fui pra frente do meu marido e peguei no pênis dele que e uma delicia e fui da uma mamada com o rabo bem empinado pois sabia que o outro estava atraz olhando meu marido o avistou e o chamou pra participar e eu bem sem vergonha deixei ele pega na minha bunda e eu continuei a a babar no pau do meu marido enquanto o outro metia de na minha bucetinha q já estava lambuzada meu marido pego minha cabeça e forçava no pau dele depois me virou de costas pra ele e meteu no meu cuzinho enquanto o outro metia na minha buceta e chupava meus seios os dois estavam quase gozando e eu adorando ter os dois dentro de mim me ajoelhei aos pés deles e os dois gozaram com vontade nos meus peitos…. Casei aos 16 anos, muito novinha e sem nenhuma experiência, principalmente sexual, a final meu marido foi o homem que tirou minha virgindade. Não ligo para porte físico e dote apesar de gostar de maiores isso não é uma regra, o que mais prezamos é pela nossa discrição, então se for um homem discreto, romântico e safado já tem boas chances…Chegamos na garagem do prédio, vc estacionou e falou: muito bom o carro, adorei, aí calei sua boca com um belo beijo daqueles selvagens e vc me beijando loucamente em uma troca de línguas e eu passava a mão e fui levantando sua blusa tentando tirar e vc segurou e falou: deixa chegar no ap, falei: gostosa estamos transbordando de tesão, como vc ficava nos seus sarros com os carinhas dentro dos carros, não é? Vc: Haram!!! Eu não parava de te lizar e vc passava sua mão no meu pau por cima da calça e procurando abrir e conseguiu e segurou meu pau e escamou, ufaaa!!! Que grosso!! ficou me punhetano e eu Mamando seu peitos e minha mão passando na sua gostosa, vc já não tinha mais controle de tamanho tesão, eu beijando seu pescoço e falei no seu ouvido, vamos desafiar o perig o gostosa com nossa explosão do tesao e fui tirando sua blusa e vc falou: pode tirar, vamos sim neg ão safado, porque esta sensação do perigo com este negão safado me seduz.

Que pau é esse, Bruno?!… Quem é que agüenta levar isso aí no cú?– Por incrível que pareça, até hoje, ninguém que veio até aqui saiu sem me dar.