Novinha Virgem Victória de MS

2012 visualizações

1 min 44 seg

Categoria:

Tag: , ,

2012 visualizações

1 min 44 seg

Categoria:

Tag: , ,

Novinha Virgem Victória de MS

Novinha Virgem  Victória de MS

Namoro uma novinha de 18 ano apesar de eu ter 24, a gente já fodeu de tudo o quanto forma, mas nunca tinha comido aquele cú…Já vinha pedindo várias vezes mas ela negava, tentávamos algumas vezes é ela desistia sempre uma vez quase forcei, quase?! Forcei um pouco, mas parei pois ela chorava muito…Certa vez eu voltei a tocar no assunto depois de muito tempo e muita foda bem dada naquela rata e ela concordou eu já nem acreditava … Dai ela foi lá em casa, começamos aquela coisa de sempre ela me chupava eu também, fodi ela de quatro mas não me vim até Pk minha tesão é muito longa faz uns 40 minutos pra eu ejacular, mas voltando depois de comer ela, pediu pra descansar um pouco…Dai nós dois na cama eu deitado e ela de costas pra mim, ela começou roçar o meu pai de 18 cm e grosso no cú dela eu ficava só acariciando os seios dela até que ela me perguntou se eu tinha lubrificante, não tinha!!! Mas peguei no creme e passei na cabeça ela ficou tentando enfiar , como o cú era virgem tive de meter com mais força até sentir ele lá dentro e fui fazendo devagar até que ela, grita: dá com com força caralho, se vais demorar!! Eu comecei foder aquele cú a 100 por hora, comecei a sentir toda porra vir com tanta força que não deu tempo de tirar pra fora e acabei gozando dentro dela, depois de tudo eu parecia estar nas nuvens pois era a primeira vez que gozava dentro do cú de uma mulher…depois dai voltamos ao nosso sexo normal mas até hoje eu não consigo esquecer essa experiência!!!""Olá meus amores meu nome é Ludmila e estou aqui para relatar mais uma de minhas aventuras sexuais.

Comecei a sentir um calor na região e gemi mais de prazer do que de dor quando ele enfiou o dedo:– Caramba, você é virgem mesmo! Que cuzinho apertado!E ia enfiando e tirando o dedo, enquanto lambia a região entre o saco e o ânus.

Mas o contorcionismo de Victória pedia mais.