O Boy Me Flagrou Batendo Siririca No Banheiro E Me Comeu Gostoso No Chuveiro

O Boy Me Flagrou Batendo Siririca No Banheiro E Me Comeu Gostoso No Chuveiro

O Boy Me Flagrou Batendo Siririca No Banheiro E Me Comeu Gostoso No Chuveiro

Me posicionei atrás dele e o levei para dentro do box – o leitor deste espaço já deve ter percebido que adoro foder embaixo do chuveiro.

Depois a colocou sentada no balcão do barzinho que havia construído ali, também, e a comeu de frente, proporcionando-lhe um bom gozo.

"Assim que entramos no aposento ele se dirigiu ao banheiro para uma ducha, e eu cheguei até a sacada, mesmo com a chuva a visão do oceano era maravilhosa. ”Amanda parou o show, contente com a vitória, gritando para a amiga: “AÊ, GATONA… UHUU…”, batendo as mãos, e rindo.

Como o colega estava demorando, o policial que estava na viatura resolveu averiguar a situação, encontrou a porta aberta da casa aberta e com certeza escutou os gemidos vindo do quarto, ele entrou no quarto e flagrou minha esposa sendo devorada por aquele negão, o casal animado percebeu a presença do terceiro elemento na cena, ficaram se olhando por um momento, minha esposa saiu de cima do negro e foi em direção ao outro policial, ele estava imóvel, ela tirou a roupa dele e começou a mamar com gosto, ela o puxou pela mão e o levou pra cama, voltou a posição em que estava cavalgando sobre o negro e pediu que o outro policial colocasse no rabo dela, eu não acreditei no que estava vendo, pois ela sempre fazia doce pra fazer anal comigo, e agora ela estava querendo uma dupla penetração, e foi assim que aconteceu, ele colocou por trás e os três quase quebraram a cama de tanto pular, parecia que iriam rasgá-la ao meio de tanta força que metiam nela, quando trocaram de posição o negão pegou-a de quatro, mesmo já tendo sido enrrabada naquela noite ela teve dificuldade para receber toda a ferramenta do negão o rabo, era muito grande, bem maior que a minha e que a do seu colega, mas ele não teve dó, colocou com força tudo dentro daquele rabo enquanto ela tentava mamar o outro policial, e foi assim que eles terminaram a noite, ela gozando muito, o negão enchendo o rabo dela de porra e o policial dando leite quente pra ela na boca, os três cairam sobre a cama, e eu pela internet pude assistir ao vivo minha mulher ser violada por vontade própria por um negão policial que se dizia meu amigo e por seu colega, eu também já tinha gozado várias vezes me masturbando com aquela cena.

Ela gemia de prazer a cada estocada que eu dava, enquanto Thais diante de nos, tocava uma gostosa e feroz siririca com dois dedos dentro da bucetinha, gozamos feito loucos naquela cena inebriante. Sentei naquele pau até cansar, depois o gostoso me colocou de quatro e me fodeu de forma selvagem até que nós gozamos juntos em uma sintonia inexplicável.