Primeiro Anal Da Novinha

62 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

62 seg

Categoria:

Tag: ,

Primeiro Anal Da Novinha

Primeiro Anal Da Novinha

Ali naquele apartamento, estava eu o pintor e meus desejos. Segurei sua cabeça e, instintivamente, eu mexi meus quadris, fazendo Marlene sentir todo meu comprimento dentro de sua boca.

Ela passava a mão no meu cabelo, e ficou por um tempo com os olhos fechados e quase desmaiada.

Kelly passava pelo corredor do segundo andar a caminho do seu quarto quando ouviu os primeiros gemidos da nora, parou ao lado da porta para ouvir se era realmente aquilo que ela imaginara e ouvir a nora vagabunda se passando por mãe de Gabriel a deixou furiosa, queria invadir o quarto e mostrar que ela era a mãe, que era nela que Gabriel tinha que mamar, chegou a por a mão na maçaneta, mas desistiu, tentou ir para o seu quarto mas suas pernas estavam bambas. Vamos aproveitá-lo para voltar um ano e meio no tempo, primeiro dia de aula na faculdade e o professor Marcus entra na sala.

E Por minha família na época não ter uma boa situação financeira eu resolvi arrumar um trabalho pra poder pagar o curso, e consegui de recepcionista num escritorio de advocacia do amigo do meu pai.

O cara também estava entusiasmado e quando estava para gozar viu ela sair de cima dele, viu a camisinha sendo tirada e a o boca na minha linda esposa engolindo o cacete dele e o chupando com toda velocidade possível, não suportou e soltou a sua porra na garganta dela.

Ele simplesmente cortou a minha calcinha atrás e do lado, a retirando de mim. Estávamos tão próximos a eles que podíamos sentir o calor dos seus corpos e seu hálito gostoso. AAHHMMMM…AHHHH…ai tio …fode tua putinha novinha…e. Autorizei e fiquei assistindo minha mulher banhar meu amigo completamente nú, igual a mim ela começou no peito dele, as tetas dela roçavam os braços dele, Silvio tem quase a mesma altura que eu, é apenas um pouco mais baixo, o peito dele é peludo e as mãos dela acariciavam mais que lavavam, ela foi descendo até chegar na barriga dele e vagarosamente foi levando uma mão até os pelos que novamente começavam abaixo do umbigo, não se atrevia a descer muito, sua mão ia até onde começavam os pelos pubianos e subia novamente até o umbigo.