Putaria liberada casada infiel faz video para o amigo com o amigo de juiz de fora – mg

2483 visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

2483 visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Putaria liberada casada infiel faz video para o amigo com o amigo de juiz de fora – mg

Putaria liberada casada infiel faz video para o amigo com o amigo de juiz de fora – mg

Na rede sempre rolam aquelas conversas mais picantes, tenho muitos amigos no sexlog, contatos no skype… Sempre tem um ou outro disposto a foder uma bunda grande e gostosa de cinta-liga, salto alto e espartilho, mas nunca dava certo – ou porque o bofe morava longe, ou então porque não me empolgava com o tipo do pretendente, ou porque eu não tinha coragem de levar a coisa mais a fundo.

Por causa da gravidez,minha ginecologista sugeriu depois que fui liberada para transar que experimentasse novas posições que não me causassem incômodo.

Descobri há pouco que o meu marido me era infiel. eu conheci ele no colegioO nome dele e bruno ele e alto branco olhos mel cabelo liso e safado d+ des doano passado eu e ele tinha um clima ficava trocando olhares conversando d vz enquando o problema q ele e popular no colegoo eu era mt timida pensava q ele tava d zuação cmg n queria nd nosso relacionamento era assim ele chegava na sala de aula eu chegava primeiro que ele como chegar ele falava comigo normal aí eu também falando com ele porque nos chegavamos primeira sala acho que a gente fazia de propósito pra gente poder conversar pouco nós se gostanos ele tava falando comigo tá disse que gostava de mim eu pensando que era só zueira porque eu era muito tímida ficava dando fora não sabia o que tava perdendo… aí chegava os amigos dele na sala depois eu falava pra ele descansar que eu não queria ninguém pegou no meu pé Ele disse que queria comigo público eu disse não quero ele respeitou até o momento disse pra passar na casa dele esse dia pois da escola queríamos ter um trabalho mesmo pra fazer sobre a olimpieda disse q ia ver se queria ir Ele disse que ia me beijar na frente dos amigos dele se eu n fosse falei q eu ia tar lar abriu um sorrizo e os amigos dele oq vc ta fazendoeu disse não conta nada sobre isso ele disse resposta do dever de matemática e disse pra minha que ia fazer o trabalho na casa de uma amiga depois da aula eu esperei todos ir embora esperei na bliblioteca deixei um bilete cm turma amiga pra entregar a ele ele foi atras d mim ele disse vamos eu disse esse alguma que você ainda tiver por aqui já foram todos embora eu fiquei cm um pouco d medomas fui queria saber até aonde ele iria fomos pra casa dele a mãe dele estava no salão de beleza o pai trabalhando até a noite e o irmão do futebol ele fica em casasozinho todos os dias ele me convidou entrei ele perguntou porque que? eu ficava fingindo não conhecer na escola sim sim sim mas somos muito diferentes ele disse mas não tem importância Eu gosto do seu jeito de me dar fora e tal se quiser continuar comigo assim eu continuo eu não tenho vergonha de você mas às vezes quando parece que você tem vergonha de mim eu disse eu não no bairro vai ficar todo mundo pegando no meu pé depois você sabe que ele já me zoam bastante mas eu te defendo vc sabe eu disse não quero que ninguém saiba disso ele tdbm ele disse vamos aproveitar esse tempo e melhor n eu disse vem so um pucoquinho ele me abraçou disse n me negue isso n so quero fazer carinho te amar vai me beijou e me deu a mão me levou pro quarto dele na porta começou a me beijar me agarrar disse pra ele parar disse q era virgen ainda ele disse calma amor eu disse tranca a porta pf ele tudo bm perguntei se tinha camisinha elr disse tm eu tava cm medo ele relaxa vai eu se não é pra ele contar pra ninguém ele calma vai ficar entre nos ele me beijou denovo me levou pra cama sentada ele tirou minha blusa viu meu sutiã preto ebeijou o meus peitos ainda cm o sutiã depois tirou ele beijou no pescoso depois tirou minha saia pegou a minas coxas e massageou n qiis w ele brijasse la rm baixo comecei a me repiar quando ele me beijou na coxa eu levantei a cabeça dele e beijei titei a blusa dele e depois a calsadele e a cueca me assustei quando vi aquilo inorme ele pegou a camisinha botou ela rapido tirou minha calsimha enviou cm força nessa doeu mt eu gritei nessa hora ele me beijou ficou um tempo parado saiu sangue ele nm limpou me deitpu foi indo bombeando cm força eu gemia mt dava mas tesao a ele ficava disse pra ele tava duendo ele disse q a dor depois parava continuor na pegaçao mal tempao tava doendo pra caralho mas era mt bm eu arranhei ele de tanto tesao ele fozou indo cm mas força em mim no final ele começou cm as acarisias mas beijo e foi mas de vagar disse q na proxima vz n iris duer depois durmimos agarrados e depois disso bateram na porta era io irmao minha sorte e que ele n me conhece me viu nua na cama do irmao dele ele me apresentou como namorada do irmao fiquei cm vergonha e me arrumei e fui em bora o irmao dele prometeu n contar nd sinti ciumes da parte do bruno fui em bora correndo ja tava tarde e o breno ajudou o bruno a arrumar a cs.

Olá , vou fazer uma breve apresentação me chamo JULIA, ( nome fictício) tenho 24 anos, loira, magrinha mais com curvas definidas, seios durinhos e grandes, e alta! E adoro muito sexo, sem meias delongas vou descrever como conheci o meu mestre, sim um homem que passou a realizar todas as minhas fantasias e desejos, pois bem me separei a alguns meses e estava a procura de aventuras, foi então que baixei o TINDER rsrsrs e curtir o RAMON, (nome que ele mesmo escolheu) ele me curtiu e então começamos a conversar nada pra o lado sexual ainda, mais eu já tava louca para pedir nudes , mais vi que era um cara interessante e inteligente o papo rendeu por muitos dias, ate que marcamos de se ver, então ele me pegou no curso e saímos para um barzinho, dentro do carro mesmo eu já estava toda molhada de tesão naquela boca gostosa, barba bem feita, olhos cor de mel, mais fiquei na minha, então ele me mostrou um grupo de whats de amigos dele tirando onda que estavam curtindo foi ai que a mente do meu mestre começou a traçar algo picante então me propôs a fazer um vídeo sem aparecer meu rosto onde eu iria provocar os amigos deles, falando como terminaria nossa noite, o que? Eu, eu gamei, fiz o vídeo, e minha imaginação não parava de tramar coisas, então saímos do barzinho em direção a casa dele, mais no caminho eu estava piscando de tesão por ele, o negocio começou a pegar fogo, comecei abrindo a calça dele e comecei a acaricia-lo , a chupa-lo devagarzinho , pra maltratar mesmo, ele então parou em uma esquina e fiquei por minutos chupando aquele pau rosado, então tirei minha calcinha abrir as pernas e comecei a me tocar, minha buceta estava tão encharcada e assim continuamos o caminho paramos varias vezes,, estava encharcada ,nossa que delicia, ao chegar em frente ao condomínio dele eu pedi para não entrar naquela hora, queria que ele me comece ali mesmo, já estava tarde, não vimos ninguém na rua então no capo do carro ele me possuiu, me tomava com tanta força, e eu pedia mais e mais, a sensação de fazer na rua só fazia aumentar o meu tesão, sentia aquele pau me penetrando com tanta força, nos estávamos loucos de tesão, não conseguíamos parar de fuder , ele sentou no banco o fastou um pouco para traz e eu sentei em cima, cavalgava com movimentos circulares, tirava e colocava a cabecinha bem de devagar só para aquela rola arregaçando minha bucetinha, então entramos e continuamos no quarto, eu estava com meu brinquedinho na bolsa já imaginava que a noite ia terminar em sexo, “ adoro DP” pedi que ele comece meu cuzinho, ele obedeceu e começou a arregaçar meu cuzinho foi colocando devagarinho pegou meu MARANHÃO e foi colocando aos poucos ate eu sentir aquela sensação de submissão de não ter mais controle sobre seu corpo e apenas gozar de tudo aquilo, sexo anal me deixa louca de tesão, voltando logo depois foi a vez dele coloca seu pau no meu cuzinho ele abriu minha bunda pediu que eu a deixasse bem aberta e socou com muita força me deu calafrios de tesão, logo coloquei meu brinquedinho em minha bucetinha encharcada e assim continuamos, gozei primeiro me tremendo e se contorcendo em cima da cama ele não parava continuava com mais pressão, ate que mandou eu abrir a boca e um jato de porra veio com tudo, engoli aquele leitinho como se estivesse com fome, exaustos conversamos sobre sexo , perguntou sobre meus desejos, fantasias, a partir dai começou uma parceria de fodas incríveis , com 2 caras, com 1 mulher, irei descrever breve em mais contos, enfim encontre minha PF.

"Boa noite e meu primeiro conto aqui entao espero ser claro e que voces gostem, pois bem me casei cedo e ela e ta igreja e então sexo so o convencional, usarei nomes falsos deixa eu me apresentar me chamo Diego na época eu tinha 23 anos sou Moreno 1,79 e com 90 kg eu já não vinha com o casamento legal pois eu queria algo a mais foi então que conhecia a Fernanda numa sala de bate-papo meses de passaram e as coisas ficaram quentes primeiro mês conversar depois nas fotos, passamos pra web e até sexo virtual entao não aguardávamos mais e fomos nos encontrar no caju rj um lugar bem movimentado ela era casada também mais falava que o marido não a agradava na cama então no encontro nos vimos e conversamos por uns 5 minutos e não aguentamos vamos pra um motel eu cheio de tara de tudo que falei,vi e ouvi ja sabia oq fazer quando entramos eu fechei a porta e ela nem teve reação pois eu já a peguei por trás colocando ela contra a parede e segurando seu cabelo já apertando seus saio que eram durinho que por sinal ela tinha leitinho pequenos e uma bundinha pequena mais uma buceta e um cu maravilhoso ela já sabia o que eu queria mais ela nunca tinha feito anal ainda então ela falava vai acaba com sua puta eu joguei ela na cama e comecei a chupar sua buceta lisinha e seu grelinho alta se virava de lado para o outro gemendo e gritando vai acaba com a sua puta e eu comecei alternar em chupar seu cu e a buceta ai ela eloqueceu de verdade segurava minha cabeça forçando contra a sua buceta e falava vai me faz gozar e quando percebi estava contraindo seu corpo e liberando seu melzinho na minha boca ela ficou toda mole na cama eu então pequei sua cabeça e truxe até meu pau e já fui enfiando na sua boca ela chupava como se fosse uma Bezerra eu urrava pois ela chupava e olhava pra mim quando mais eu urrava ela chupava com mais vontade depois de uma 5min eu não aguentei e gozei na sua boca ela se assustou pois seu marido nunca gozou na b9ca dela mais ela estava louca continuava a chupar e derrepente ela parou olhou pra mim com meu pau na boca e engoliu aquilo me deu um tezao que ja tirei e fui logo botando ela de quatro e metendo numa estocada so meu pau todo na sua buceta eu metia como um animal meu pau entrava e sai meu saco batia na bunda dela eu segurava seu cabelo e batia na sua bunda ela estava louco ja tinha uns 20 min e ela tava quase gozando ai me aproveitei ela gritou vai caralho vai que vou gozar porraaaa eu então parei e fiquei com meu pau todo dentro dela ela ficou puta e gritava vai caralho me fode arromba sua puta me fode caralho quero gozar eu fui no ouvidinho dela e disse quer gozar minha puta quer e ela com a voz trêmula disse quero me fode vai eu disse me da oq eu quero sa não eu paro agora e vou embora ela começou a balançar a cabeça enorma de não eu voltei a meter nela e ela urrava isso caralho vaiiiii vou gozar porra eu parei ela louca falava ai caralho me faz gozar e eu então falei implora pra mim comer seu cu ela louca olhou e disso vai arromba meu cu seu filho da puta eu peguei e encostei meu pau no cuzinho virgem dela e eu brincava passando o pai no cu e na buceta até que ela abixou a cabeça deixando sua bunda bem empinada e falou vai caralho seu filho da puta come esse cu eu encostei e forcei um pouco mais estava muito apertado mais ela estava louca e gritou vai caralho soca no meu cu porraaaa eu então forcei e ela veio com o cu contra meu pau no que entrou de uma vez ela gritou caralhoooooo filho da puta de me rasgando Eu parei ela me deu um tapa e disso agora acaba comigo e me faz de sua puta ai eu comecei a bombar ela louca gritava isso caralho que delícia foda meu faz virar sua puta quando eu sentir seu cu contraindo meu pau dentro do seu cu e no que ela levantou a cabeça e urrou caralhoooooo to gozandoSei filho da puta e gozou mouito pelo cu no que eu comecei a meter três dados na sua buceta e fudia junto com meu pau no cu dela ela ficou louco e gritava caralho to gozando pelo cu e pela buceta ela começou a gozar feito louca eu então medo fundo e gozei ela apertava meu pau com o cu e a buceta contra mais dados eu então enchi o cu dela de porra vai pro lado e respirando ofegante ela virou e falou meu cu e seu todo seu… espero que gostem até a próxima. "Decididos a buscar cada vez mais prazer e conhecer o novo, entramos no delicioso mundo da sacanagem e desde então fantasiamos muitas coisas gostosas durante o nosso sexo q se transformou em fodas cada vez mais cheias de tesão e putaria.