Roberta mostrando corpo e batendo siririca caiu no whatsapp

386 visualizações

47 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , ,

386 visualizações

47 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , ,

Roberta mostrando corpo e batendo siririca caiu no whatsapp

Roberta mostrando corpo e batendo siririca caiu no whatsapp

Eu deixei ela deitada uns dois minutos… e comecei a bater outra punheta, colocando o dedo nela e batendo com o pau na fuça dela e ela lambia cada gota viscosa que meu boneco malvado liberava,com as patas para cima imobilizada como se fosse uma estatua cadela safada! Gozei gostoso por cima da cachorra em forma de jato parecia que estava gozando pela primeira vez !Devorou toda a gala que saiu de mim, e depois lambeu o chão e ficou desesperada olhando pro meu pau esperando mais gala, depois me lambeu bem.

E derrepente ela chegou bem perto do meu ouvido deu uma mordiscada na minha orelha e sussurrou bem baixinho, que tinha a alguns dias tinha criado coragem de ficar comigo e que só tava esperando ter uma oportunidade e que tinha chegado naquele momento e que naquela noite eu iria ser totalmente só dela e pegou na minha nuca e sem eu esperarme deu um beijo ardente, então eu segurei na sua cintura e a puxei pra perto de mim, seu corpo como sempre perfumado.

9 horas da noite avisto uma gata com algumas amigas bebendo num lugar top da cidade, me ve e manda um zap pra chegar lá, continuei na banda, passei de novo me chamou, parei…entraram ela ( roberta ) nome ficticio e mais 2, andanos demos risadas, cantamos e tocamos o terror assim dizendo, 11h30 da noite as duas quiseram ficar onde estavam e as deixei la, a roberta estava com uma mini saia branca, calcinha desenhada na bunda, bem atoladinha, separado bem seu rabo gostoso,coxa grossa e torneada, cabelo preto e longo, ela topa qualquer coisa, e por isso tem minha atenção, siliconada, mulher cavala, tattoada, uma makina de tranzar, emfim, falei pra ela chegarmos na minha casa ou parar em beber, topou na hora, paramos beber conversa vai conversa vem, aquele decote tava me matando, vontade de tirar o pau pra fora e encher aqueles peitos de leite, começamos a falar muita putaria, bar fechando, fomos dar mais uma volta, convidei para ir pra minha casa, topou pq sabia q a putaria ia começar, porém quis passar na sua casa pegar umas ropas pra passar a noite. Um dia estava aqui louca de tesao e resolvi mandar algumas fotos da minha bucetinha pra ele enquanto batia uma siririca gostosa. br"olá me chamo Paula tenho 16 anos 1,60 de altura e 55kgo que vou contar pra vocês aconteceu comigo e até aconteçetudo começou quando eu sempre observava uma garota que mora narua que eu moro, a gente não nos falavamos só trocavamos olhares longoela sempre me encarava quando eu iria sair pra algum lugar, ela moravana parte de baixo da rua então sempre quando eu saia ela me encaravaa gente continuo essas trocas de olhares durante um bom tempão, ai eu começeia sentir uma forte atração por essa mulher maravilhosa, eu sempre mandava bilhetespra ela só que ela nunca respondia nada, e o ano passado em uma tarde ebsolaradaeu estava sentada em calçada e até que pra minha surpresa chega o sobrinho delaum papel e uma caneta e derrepente me fala “tia tá pedindo teu número do whatsapp”nossa quando ele disse isso eu não pensei duas vezes e fui logo escrevendo meu número pra ela, e ali estava ela na minha frente sentada na porta da casa da mãe delae foi desse dia que a gente começavamos a nos falar, quando ela disse o 1· “oi” nossameu coração gelou eu como sempre vergonhosa pra tudo rsrs até que a gente foi con-versando bastante e todos os dias foi se repetindo nossas conversa, como eu já tinhafalado o que eu sentia por ela só aumentava a cada dia que a gente nos falava…a gente foi pegando intimidade e eu fui criando coragem pra falar o que sentia por elapra minha tristeza ela era “hetero” tinha “2 filhos” eu sempre pedia um beijo a ela maisela sempre negava pra mim, quando chegava perto dela eu sentia um tesão encotrolavelpor essa mulher, até que um dia eu fui na casa dela depois que cheguei da escola e uela sentou em uma cama do filho dela e eu na outra, fiquei alí observando a beleza delai tomei coragem e começei a dar em cima dela pedindo beijo e tal, ela falou que tinhamedo, medo de eu contar pra alguém do nosso beijo e eu falei pra ela confiar em mimque não iria contar pra ninguém então nesse dia eu consegui um beijo delanossa que beijo encantador, muito gostoso um beijo dela foi ai que eu me encantei majsainda por ela, ai depois desse dia eu só desejava aquela mulher em meus braços maisiae mais, depois desse dia a gente continuamos nos falar normalmentepra ela foi como se não tivesse acontecido nada, mais pra mim aquele beijo não saiada minha cabeça e ainda não saiu, hoje em dia a gente somos bastante amigas, de vezenquanto a gente ainda dar uns beijos….

quando ouvimos a água parar no banheiro nos recompomos;quando Moacir saiu com a toalha na cintura,notei,ou melhor,notamos que o acra tava meio excitado,pau meia bomba;chegou no meio do quarto e tirou a toalha nos mostrando um cacete enorme de uns 22 cm,grosso e inchado;todos nos olhamos e até Djalma disse: Porra,cara,que caralho é esse?E rimos,todos,excitados.