Sexo selvagem com a mulher do corno

6227 visualizações

1 min 24 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

6227 visualizações

1 min 24 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

Sexo selvagem com a mulher do corno

Sexo selvagem com a mulher do corno

Quando te peguei no colo e te deitei carinhosamente no tapete que ficava no centro da sala, beijei e te falei: agora vamos fazer todas aquelas sacanagens que falávamos nas nossas mensagens, estávamos loucos de tesão um pelo outro e vc me olhando com uma carinha muito safada, falou:""Quero fazer seus pensamentos irem a outra dimensãoOnde a luz dos teus olhos me tragam iluminaçãoQuero tocar sua pele ao som de R KellyE deslizar, minhas mãos pelo seu corpoTe fazer arrepiarQuero sussurrar no seu ouvido canções que te deixem no climaAmo seu corpo de mulher e jeito de meninaPassamos por estágios entre suspiros e conexões mentaisQuero fazer amor com seu corpo e a sua alma, em níveis dimensionaisTe fazer me implorar pra ficar e se tocar quando eu partirEsperando ansiosamente pela próxima vez que a gente se unirBeijar sua boca, te fazer querer tirar a roupa so do meu lábio com o seu encontrarAproveitar cada segundo e fazer bem devagarDescer pelo seu pescoço enquanto puxo o seu cabelo com vontadeTe satisfazer por completo, cada necessidadeLamber seus seios, causar devaneiosDeslizar pelo seu corpo uma pedra de geloComeçamos de noite e terminamos de manhãTe deixar encantada enquanto te devoro ao som de DjavanVai ser minha por uma noite, mas vai valer uma vidaTe coloco pra rebolar, te deixo ser exibidaVai ser minha serva submissa, tão bem recompensadaFazendo sexo selvagem e ao mesmo tempo sendo acariciadoFaça sua melhor cara de safada e esquece o mundo la foraE se entregue a colisão dos nossos mundos no momento de agoraIsso é mais que sexo, é uma perfeita fusãoTe colocando pra trabalhar, sem tempo pra distraçãoMinha boca passeia pelas suas coxasChupões te deixando roxaTe deixando tão excitada, quanto a primeira vez de uma inexperiente moçaEssa cama é nosso palco, você a atração principalTe fazendo perder a noção entre o real e o surreal"Ouça o que aconteceu naquele banheiro em:Então comecei a brincar com o pau dele que logo saiu pra fora já duro, só que precisavamos secar eles e assim fizemos.

Eu estava com muita vontade de entregar meu pau aos cuidados da Letícia,pois eu sabia que ela cuidaria bem dele,mais disse que ela é minha cunhada,irmã da minha mulher,e disse que ela também é casada,mais ela disse que não tinha nada de mais,e afinal eu disse que seria um grande amigo pra ela,no qual ela me lembrou.

passamos um tempo conversando e ela começou a chorar e deitou no meu colo, mas o cacete ja estava duro desde a hora que entramos, ela sentiu aquilo na bochecha mas nao se importou, e continuou deitada chorando, foi onde comecei as investidas e ela no começo nao queria mas depois começou a aceitar, quando ela parou de chorar, ela me atacou com um verdadeiro beijo, erao que eu mais queria fiquei surpreso e dei um beijo de resposta e comecei a acariciar seu corpo, fui tirando a sua roupa e vi um belo corpo, que coisa mais linda, tirei seu sutien ela tinha um peitinho bem lindo nem grande e nem pequeno que ja cai de boca, ela toda molhadinha quando passei a mão na sua perna fui descendo devagarzinho e ela se contorcendo e gemendo bem baixinho, quando fui tirando a calcinha dela ou melhor o fiozinho que ela estava que visão que eu tive, bem depiladinha, toda lisinha e aquele grelinho rosadinho… eu juro que pirei… cai de boca e que delicia de melzinho que ela tinha, virgem, falei pra ela que seria meu presente, ela disse que sim pois o CORNO não tinha capacidade pra ter ela virgem… ai que eu pirei de vez… comecei a ensinar ela a chupar, no começo ela deu uma mordidinha mas foi aprendendo, fizemos uma posição 69 e ela adorou, gemia muito, tirei a virgindade dela na posição papai e mamae, ela gemeu alto e me arranhou quando deu a ultima fisgadinha da virgindade e pediu pra parar esperei um pouco ela se acostumar, ela começou a rebolar e começamos nao deu 3 minutos ela gozou, coloquei ela de quatro e continuamos e a safada adorando, pedi pra ela deixar eu comer seu cuzinho ela disse que outro dia, mas insisti e ela deixou, pensa que tesão de menina, gozei dentro dela, ela ficou muito brava , mas falei que compraria o remedio pra ela, acabamos e desfalecemos acordamos por volta das 8 da manhã,tomamos um banho mais uma foda rapida e levei ela pra casa dela… mandou mensagem que nao falariamos que ela nao deveria ter feito isso, passado dois dias mandou mensagem novamente que estava com muita vontade de foder comigo de novo… proximo conto eu continuo"Os leitores e leitoras já tomaram conhecimento de duas colegas/amigas nossas do tempo de faculdade, Márcia e Marisa, as primeiras bissexuais que conheci.