Suruba na festa com morena cavala

6 min

Categoria:

Tag:

visualizações

6 min

Categoria:

Tag:

Suruba na festa com morena cavala

Suruba na festa com morena cavala

Era quase o meu salário só para comprar roupinhas.

quando ela sentiu o mastro duro na regada, ela parou de pressionar a bunda nele.

Passando a língua nos lábios grossos e manchados de batom verme1ho, a morena se virou com seu rabinho todo ensopado e passou a esfrega-lo em minha perna enquanto eu, com meu pinto de pedra, me acariciava sob o olhar provocativo da sua amiguinha, que lhe lambuzou o cuzinho.

Duas garotas se assustaram demais com a cena e saíram do banheiro, mas quem ficou ali acabou, de um jeito ou de outro, entrando na suruba.

Pra começar minha história, vou falar de um namoradinho que eu tive quando tinha 15 anos. – semana que vem, nos encontramos na mesma praça e no mesmo horário??- foi tudo que eu consegui dizer…Não sabia o porque aquilo tinha sido tão prazeroso, nem como eu era capaz de gostar disso, mas uma certeza eu tinha! Precisava de mais. Marcos só observava, incrédulo em mais essa faceta da sua namorada. Nas primeiras páginas, o que tinha era uma loira cavala bem deliciosa em poses que me deixavam de pau duro toda vez que abria aquela revista. Cheguei no bebedouro para pegar a minha água já tava de pau duro, duas gatas ali, qualquer uma eu topava na horas, rsss. Depois dos seus dedos ter me penetrado ficou mas fácil que a ultima vez, mas acho que houve um conjunto de fatores pra eu ter aceitado mas fácil, pois até a camisinha atrapalha, mas depois descobri o que era o gelado que também fez a diferença e serve de dica para todas e todos que adoram um anal ele usou condicionador de cabelo, é incrível como funciona e acho que é melhor que o gel lubrificante e quase nem faz espuma, deve ser ruim se estiver sem camisinha e resolver fazer um oral, mas pra penetração achei excelente.

Que bicho te mordeu hein? Tu perdeste o melhor da festa e ainda deixou a Jackie sozinha pros cueca de plantão.

Dessa vez ela começou a abrir as calças. Era visível a excitação dela, os olhos brilhavam e um sorriso maroto de safadeza não desgrudava dos cantos dos lábios sensuais.