Tacando A Lingua Na Bucetinha Da Amiga

visualizações

55 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Tacando A Lingua Na Bucetinha Da Amiga

Tacando A Lingua Na Bucetinha Da Amiga

nosssssaaaCuspi no cu dela e empurrei toda a saliva com minha língua para dentro dele.

– Amanda: Desculpe, acho que esta na hora de ir embora.

E diz que já esta tudo pronto e arrumado, ela também faz um convite a ele e o chama pra almoçar na casa dela, porque hoje a sobrinha dela chegou de viagem ai ela fez lasanha. “Quer sentir uma coisa mais forte ainda?” perguntei para Andressa, e ela fez que sim com a cabeça, então comecei a enfiar meu dedo naquela bucetinha e ela começou a rebolar como uma doida. E principalmente, para felicidade dela, muitos elogios a forma do corpo dela que conforme ele mesmo disse nem de longe representa estar próximo dos quarenta …Quem sabe se encontrarmos alguém tão especial quanto este amigo poderemos repetir a dose, os anúncios estão colocados, quem sabe ?Quem sabe realizamos a outra fantasia dela que é de “conhecer “ um negro !Marido. Amiga… se seu macho gozou antes de vc, isso não quer dizer que a foda tenha acabado.

Andressa me pegou pela pica tirou a camisinha e levou até a boca de Mauro e deitou de barriga para cima por baixo dele e ficou lhe chupando a pica e com a buceta na cara de Mauro que chupava minha pica depois chupava a buceta e hora pegava minha pica e enfiava na buceta de Andressa.

Mas eu queria mais, meu corpo pedia pelo que ele não me deu. Um dia, vi em meu celular uma chamada não atendida.

Falou isso puxando Scheila em sua direção e tacando nela um beijo daqueles que eu já conhecia tão bem. Vendo a indecisão da amiga e do namorado, Silvia chamou-o para perto das duas e comentou com a amiga sobre o que aquela sunga escondia.

– e virou-se para ir emboraAntes que ela pudesse se retirar eu disse:-Isabel. Depois ele me mandou ficar de quatro, passou KY no pau e no meu cuzinho e encostou a cabeça do pau no meu cuzinho.

Ele já estava mais preocupado em se satisfazer do que em cuidar de mim, e não parava de me comer.