Video porno caseiro mulher do corno tarada demais fudendo corno filmando de dom pedro – ma

12125 visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

12125 visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Video porno caseiro mulher do corno tarada demais fudendo corno filmando de dom pedro – ma

Video porno caseiro mulher do corno tarada demais fudendo corno filmando de dom pedro – ma

Eu comecei a rir numa mistura de excitação e surpresa de ver aquela menininha recatada com que eu ficava virar uma puta tarada. , foi uma situação muito excitante para nós!""-Alô, Pedro?-Sim, quem deseja?-Aqui é a Jane, tudo bem?-Sim, tudo bem e você?"– Nossa, dá para eu me afogar aí. Perdido entre nuvens de sonhos pornográficos (eu ja não trepava havia uns três meses), deixei as horas se passarem e quando acordei ja era quase noite.

O efeito do que tive oportunidade de ver em minha sexualidade foi tão intenso que desde aquele momento eu só pensava em sexo e em apenas duas ou três semanas eu me transformei completamente: a menina bem comportada, que quase nada permitia de intimidades a seus namoradinhos, deu lugar a uma mulher sedenta de sexo, que se masturbava intensamente todas as noites, devorava revistas e vídeos de sexo e delirava com a visão de homens de pênis enormes penetrando lindas mulheres, até que seus sonhos libidinosos se tornaram realidade.

E estava uma delícia, tão bom que não reparei o barulho da porta abrindo, era o caseiro, ele achou que a casa estava vazia e foi vasculhar para chamar a moça para limpar. rn-esse meu sogrinho é bem safadinho né…seu malandro…mas faz uma coisa seu Roberto…aproveita e coloca uma sunga e vem ficar na piscina comigo…até o almoço…aproveita pra relaxar…por favor não diga não!rnEle pensou por instantes e então concordou dizendo sorrindo:rn-quem sou eu pra recusar um convite da mulher mais linda e sensual da cidade…sá se for louco.

Tive a certeza que nada iria mudar quanto ao meu relacionamento com meu querido noivo que antes de casar já se tornara ?corno?. Observando por entre as finas frestas da porta entre aberta do quarto de nossos pais, Michele e eu espiávamos escondido, o que até então eu duvidava: mamãe e papai fudendo alucinadamente; ela pulava e rebolava em seu cacete, mexia os seios e soltava gemidos que de onde estávamos conseguíamos ouvir.

Pouco depois, ficou por trás de mim, sobre minha cabeça, filmando minha ação no traseiro de Sandra.

Era demais aquilo, ele apertava minha cabeça e me batia na cara. No sabado não fui trabalhar, o Manuel chegou no mesmo horario, Sofia, já estava pronta, novamente com uma saia bem curta e fio dental, levantou a saia e me perguntou será que ele vai gostar, a calcinha preta bem pequena mal cobrindo a bunda e xoxota, e a blusa transparente sem sutiã, com um jaleco por cima, sairam já no carro vi quando ela riu e deu um beijinho no rosto dele, fiquei em casa, era pra ela voltar as nove horas, ela chegou as 10:30hs, com o jaleco na mão sem batom e meio despenteada, foi entrando pro quarto e me chamou, quando entrei ela rindo levantou a saia sem calcinha, me deu um beijo e disse amor ja passei e fui passada, fui tirando o short e nos deitamos eu disse me conta, ela disse que assim que entrou no carro ele foi pra um local mais deserto, fui pra direção lá e ai ele disse que ja tinha acertado tudo, foi logo pegando na sua perna, no começo ficou tremula, mais não tirou a mão dele da sua perna, então ele foi subindo a mão mandou ela parar o carro, a essa altura ele já estava pegando na sua xoxota, ele notou que ela tava toda melada, fastou sua perna e ela não teve reação, meteu o dedo na sua xoxota e ela suspirou, ele puxou a mão dela pra o pau dele, ela pegou por cima da calça ai não teve mais reação a não ser tirar seu pau da calça e começar um chupeta, ele tirou uma camisinha do porta luva e mandou eu coloca-la, o pau dele é bem maior e mais grosso que o seu, coloquei a camisinha dei outra chupadinha e sentei no seu pau no banco de passageiro, fiquei de costa pra ele, ele me segurou pela cintura e mandou ver, gozei gritando chamando ele de safado, ele me puxando pela cintura, gozei umas 3 vezes naquele velho gostoso, só sai de cima quando ele gozou, tirou a camisinha e mandou eu limpar com a boca, por isso meu amor me beija pra sentir o gosto do gozo dele, depois não tive mais força para fazer as aulas e ele veio me deixar, olha como tá tua xoxotinha toda esfolada, então comecei a chupar sua xotota, depois meti devagar pois tava ardendo da camisinha, gozei rapidinho, nos deitamos e acordamos pro almoço, e foi assim minha primeira vez como corno.