Video porno de sexo brasileiro coroa amadora traindo para o amigo do marido de nova friburgo – rj

12816 visualizações

16 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

12816 visualizações

16 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Video porno de sexo brasileiro coroa amadora traindo para o amigo do marido de nova friburgo – rj

Video porno de sexo brasileiro coroa amadora traindo para o amigo do marido de nova friburgo – rj

Certa vez comecei reparar no marido, da minha prima,quando havia festas em familia,Carlos é um moreno,alto ,cara de homem. Por mais desapontado que eu estava, havia ficado feliz em saber que esse tal vídeo não estava nas mãos de nem um safado.

Cheguei ao sitio la pelas 9h da manhã, tirei a roupa, pus um calção, botas e um chapeu de cowboy, e fui para o galpão onde cada animal tem o seu cercado, coloquei ração, depois fui rastelar o cercado da bezerra, ela é grande e bonita pelo liso, enquanto estou fazendo o serviço, a bezerra que estava comendo, levantou a cauda arcou as costas pra cima e começou a urinar, e eu como bom tarado que sou, fiquei olhando aquela bucetinha preta por fora e rosadinha por dentro, aberta mijando, quando ela terminou ficou contraindo a xana e com a cauda erguida, imediatamente comecei a passar o dedo na racha dela e no clitoris, que fica bem em baixo entre os labios vaginais, parece um grão de feijão, ela gostou pois continuo imovel e e de cauda erguida.

Ao prazer obtido com meu encontro, sobreveio um sentimento de culpa que me fez abandonar, por um tempo, a pornografia na internet. Era uma criança tímida, nunca fui de ter muitos amigos. Depois,de inserir meu sogro(Milton) a sacanagem rolava a toda hora e nunca usávamos roupas,era um bando de machos pelados;quem queria foder fodia…Era foda na piscina,no banheiro,na cama,em pé…eu(Gérson)gostava de foder com Moacir tio do Djalma;o coroa me fodia como eu gostava;meu sogro era o único que nunca tinha experimentado dar a bunda e ainda estava virgem,mas ninguém tentou penetrar ele.

Depois de gozar, voltou a elogiar os brasileiros. [FIM]"– Você não vai se importar com isso não é?"Bem , depois que comi a minha cunhada na casa e cama dela , saímos várias vezes e até hoje damos uma de vez em quanto , certa vez eu ia a Nova Friburgo a Trabalho , liguei para ela e perguntei se ela queria ir comigo para fazer companhia e claro ” METER TB ” ,ela nem pensou muito e aceitou , era uma quinta-feira no verão aqui do Rio de Janeiro , peguei ela em casa as 7:00 hs , fomos então para Friburgo , na estrada ela já começou a dar uns beijos em meu pescoço e dizer que queria chupar uma coisa carnuda , com um sorriso safado abriu meu zíper , tive que tirar o cinto de segurança para ela ficar a vontade , estávamos na estrada entre Parada Modelo e Cachoeira de Macacu , ela botou a minha pica para fora e começou a mamar a pica com um movimento bem devagar , eu tive que diminuir a velocidade , quando vi uma estrada de terra que ia parar em uma espécie de lago , parecia deserto o lugar , parei o carro em baixo de uma árvore , e fomos para o banco de trás , ela estava cheia de tezão e eu idem.